Jornal do Commercio
INFRAESTRUTURA

Obras da Transnordestina consumiram R$ 5 bilhões

O valor é maior do que o orçamento previsto inicialmente em 2006, quando as obras começaram

Publicado em 04/10/2014, às 09h00

Obras da Transnordestina já receberam investimentos de R$ 5 bilhões. / Guga Mattos/JC Imagem

Obras da Transnordestina já receberam investimentos de R$ 5 bilhões.

Guga Mattos/JC Imagem

Angela Fernanda Belfort

Até agora, foram gastos R$ 5 bilhões nas obras da Ferrovia Transnordestina, ultrapassando o primeiro orçamento que era de R$ 4,5 bilhões, quando as obras foram iniciadas em 2006 e o prazo de conclusão era 2010. “Não se consegue enxergar esse volume de recursos empregados no empreendimento, embora passe por lá de carro constantemente”, critica o presidente do Sindicato da Indústria do Gesso de Pernambuco (Sindusgesso-PE), Josias Inojosa Filho. As obras estão com 42% de realização, segundo à empresa que está à frente das obras, a Transnordestina Logística S.A.(TLSA).

A Transnordestina terá 1.753 quilômetros, começando na cidade de Eliseu Martins, no Piauí, e seguindo até os portos de Pecém, no Ceará, e o de Suape. Esse trajeto é dividido em quatro grandes trechos: Salgueiro-Suape com 522 km; Salgueiro-Trindade (163 km): Missão Velha a Pecém (510 km – ambos no Ceará) – e Eliseu Martins, no Piauí, a Trindade, no Sertão do Araripe ( 420 km).

“O único trecho que está pronto é o que passa por Salgueiro e Ouricuri (que faz parte do trecho que segue para o Piauí). De Araripina para o Piauí, não se vê qualquer movimento. E de Serra Talhada para o Recife também”, conta Josias Filho.Um dos motivos que fez a obra se arrastar foi uma revisão do preço do contrato. O orçamento atualizado está em R$ 7,5 bilhões. No entanto, alguns técnicos alegam que a ferrovia não sai por menos que R$ 10 bilhões.


O novo contrato de concessão da Ferrovia foi assinado em 22 de janeiro deste ano entre os representantes do governo federal e a TLSA que pertence ao grupo da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN). Até agora, foi descumprido o prazo de conclusão do trecho Salgueiro-Missão Velha previsto para fevereiro último.Segundo informações da ANTT, o não cumprimento do prazo do trecho Salgueiro- Missão Velha resultaria numa multa de 30 mil Valor Básico Unitário (VBU).

 


Ao ser questionada sobre quanto é essa multa de 30 mil VBU, a assessoria da ANTT responde que há duas possibilidades para definir o valor: a celebração de um termo aditivo ao contrato de concessão (geralmente um termo aditivo é assinado com a concordância de ambas as partes, o que inclui a empresa Transnordestina Logística S.A.) ou um ato administrativo da diretoria colegiada da ANTT estabelecendo o valor.


E embora o prazo tenha sido descumprido há mais de sete meses, a ANTT diz que a procuradoria geral da agência “emitirá parecer jurídico acerca das duas possibilidades”. Resumindo, o prazo não foi cumprido e até agora não foi definido nem sequer o valor da multa.




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC recall de marcas 2017 JC recall de marcas 2017
Conheça o ranking das marcas que têm conseguido se manter no topo da preferência dos pernambucanos. O rol é resultado de uma pesquisa realizada pelo Instituto Harrop, há duas décadas parceiro do Jornal do Commercio na realização da premiação
10 anos do IJCPM 10 anos do IJCPM
O Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social (IJCPM) comemora 10 anos de história, contribuindo para transformar a vida de jovens de comunidades com histórico de desigualdade social nas cidades de Recife, Salvador, Fortaleza e Aracaju
Chapecoense: um ano de saudade Chapecoense: um ano de saudade
Um ano de saudade. Foi isso que restou. A maior tragédia do esporte mundial, no dia 29 de novembro de 2016, quando houve o acidente aéreo com a delegação da Chapecoense, em Medellín, na Colômbia, fez 71 vítimas. Entre elas, dois pernambucanos

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM