Jornal do Commercio
TURISMO

Campanha promete descontos de até 30% para Fernando de Noronha na baixa estação

Em sua sexta edição, a Temporada Mais Noronha é realizada pelo trade turístico local

Publicado em 09/02/2017, às 11h10

Historicamente a campanha consegue alavancar em 20% o movimento nos meses de abril a junho / Foto: Heudes Régis/ JC Imagem
Historicamente a campanha consegue alavancar em 20% o movimento nos meses de abril a junho
Foto: Heudes Régis/ JC Imagem
JC Online

Com a intenção de manter o alto fluxo de turistas em Fernando de Noronha também na baixa estação, o governo de Pernambuco lança no próximo dia 13 a campanha Temporada Mais Noronha. A ação, que acontece pelo sexto ano, promete oferecer descontos de até 30% nos pacotes de viagem, de hospedagem a passagens. Historicamente a campanha consegue alavancar em 20% o movimento nos meses de abril a junho. 

A ação é realizada pelo turístico da ilha, Empetur e as linhas aéreas Gol e Azul - as duas únicas com operações no arquipélago.

ATRAÇÕES

"A visibilidade para mergulho também é boa em todas as estações. O interessante é que só na Temporada Mais Noronha o turista vai ter a oportunidade de conhecer o paraíso com preço mais atrativo em relação as outras épocas do ano”, afirma o administrador geral de Fernando de Noronha, Luís Eduardo Antunes. 

Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Recife em Transformação Recife em Transformação
A cidade e o desafio de traçar o seu futuro
Zika em mil dias Zika em mil dias
Já se passaram quase 2 anos e meio desde que o JC anunciou a explosão de casos de recém-nascidos com microcefalia. Muitas dessas crianças já completaram os seus primeiros mil dias de vida. Famílias e especialistas revelam o que aconteceu nesse período
Logística e inovação Logística e inovação
Você sabe o que é logística? Ela parece invisível, mas está presente no nosso dia a dia, encurtando distâncias. Quando compramos uma maçã no supermercado, muitas vezes não nos damos conta do caminho que percorreu até chegar a nossas mãos

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM