Jornal do Commercio
NEGÓCIOS

Nobile vai construir dois hotéis em Pernambuco

Hotéis voltados para público corporativo serão construídos em Goiana e Caruaru

Publicado em 18/03/2017, às 07h01

Rede já administra o Wyndham Garden Recife em Jaboatão / Foto: Divulgação
Rede já administra o Wyndham Garden Recife em Jaboatão
Foto: Divulgação
Da Editoria de Economia

A administradora e franqueadora de hotéis Nobile vai investir R$ 30 milhões para construir dois hotéis em Goiana, na Zona da Mata, e Caruaru, no Agreste do Estado, no início de 2018. Os empreendimentos vão levar a marca Red Roof, rede hoteleira líder no segmento econômico nos Estados Unidos. A previsão é de que as obras durem entre 16 e 18 meses e gerem 100 empregos na fase de construção civil e 40 após entrar em operação.

As áreas já estão mapeadas e têm entre quatro mil metros e sete mil metros. “As negociações estão em estágio avançado em Goiana e Caruaru. Estamos prospectando investidores locais. Goiana tem um grande volume de investimentos e fábricas instaladas. Caruaru é um polo forte de comércio e está na região central do Estado”, explica o fundador e presidente da Nobile, Roberto Bertino. 

Os hotéis econômicos são caracterizados por terem baixo custo de obra e operacional do que os outros segmentos, que podem ser repassados ao consumidor. A rotatividade é alta. 

O principal público visado pela Nobile é o corporativo. Cada edifício terá até 120 quartos, com tamanhos que variam entre 16 metros quadrados e 19 metros quadrados. Sobre o mercado do turismo de negócios em Pernambuco, Roberto Bertino acredita que haverá aumento na demanda nos próximos anos. “Há cinco anos, havia muita demanda e pouca oferta. Com a abertura de novos empreendimentos, houve um equilíbrio. Depois, na crise, a demanda caiu. Desde 2013, sofremos um impacto de 18% de queda. A tendência é que, em 2018 e 2019, o equilíbrio retorne”, comenta o presidente.

Atualmente, a Nobile administra quatro hotéis e seis operações de long stay no Estado, com 1.088 quartos e taxa de ocupação de 62%. É o segundo maior polo da rede, atrás apenas de São Paulo. Os hotéis estão localizados no Recife, Petrolina, no Sertão. No País, são 32 hotéis. A rede teve faturamento de R$ 162 milhões no ano passado. Os empreendimentos do tipo long stay são os menos sensíveis à crise. “Temos um número maior de clientes com contratos de até três anos. É fácil manter os níveis de ocupação”, explica Roberto. 

RETROFIT

Recentemente, a Nobile Hotéis inaugurou o Wyndham Garden Recife, em Jaboatão dos Guararapes, que recebeu investimentos na ordem de R$ 2 milhões em retrofit.

Recomendados para você


Comentários

Por RENE TIMM,18/03/2017

PARABENS AS CIDADES QUE RECEBERAO OS NOVOS NOBILE HOTEL, CUJA BANDEIRA É MTO BEM REPRESENTADA NA CAPITAL PAULISTA COM EXCELENTE LOCALIZAÇAO. MAIS HOTEIS NUMA CIDADE REPRESENTA A EVOLUÇAO DE UMA CIDADE, GIRANDO MAIS E MAIS DIVISAS PARA OS TRABALHADORES QUE FAZEM A EXCELENCIA DA HOSPEDAGEM. PARABENS FAMILIA BERTINO , GOIANA E CARUARU, CIDADE QUE AMO.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM