Jornal do Commercio
Conjuntura

Balanço Empresarial 2016: tradição e inovação se destacaram

Setores sucroalcooleiro e de tecnologia fizeram a diferença no levantamento

Publicado em 13/09/2017, às 07h00

Apresentação do Balanço Empresarial aconteceu no Atlante Plaza, em Boa Viagem / Divulgação
Apresentação do Balanço Empresarial aconteceu no Atlante Plaza, em Boa Viagem
Divulgação
Da Editoria de Economia

O tradicional e o novo fizeram uma dobradinha de destaque no Balanço Empresarial 2016. O secular setor sucroalcooleiro e a promissora atividade da tecnologia da informação mostraram vigor no ranking. Nos 11 anos de história do levantamento, essa foi a primeira vez que as empresas de TI despontaram. E as usinas se reposicionaram no novo momento da economia pernambucana.

“A inteligência do Porto Digital mostra sua força e se consolida num curto intervalo de 17 anos desde que o parque de tecnologia foi criado”, observa o sócio-diretor da JBG & Calado, José Emílio calado, listando as empresas Avantia, Neurotech, In Forma, Grupo MV e Pitang, que figuraram no ranking das 40 de maior destaque em itens como lucro líquido, variação da receita líquida e rentabilidade do patrimônio líquido.



SUCROALCOOLEIRO

No caso das usina, Calado destaca mais uma vez o esforço de gestão dentro das empresas, que também ficaram atentas às oportunidades de mercado e à valorização nos preços do açúcar e do álcool. Entre as 40 empresas mais bem colocadas aparecem a Usina Petribú, Usina Central Olho D’água, Usina Trapiche e Usina União.

Além das fortes mudanças na matriz econômica do Estado, o setor sucroalcooleiro vinha enfrentando problemas climáticos que derrubaram as últimas safras. Para se ter uma ideia, em 2007 a colheita de cana-de-açúcar foi de 19,7 milhões de toneladas, despencando para 11,4 milhões em 2014.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Mundo de Rafa O Mundo de Rafa
Rafael foi diagnosticado com síndrome de Asperger apenas aos 11 anos. Seus desenhos contam pedaços muito importantes da sua história. Exprimem momentos de alegria, de comemoração e também de desabafo, de dor
Gastos dos parlamentares pernambucanos Gastos dos parlamentares pernambucanos
Os deputados federais da bancada pernambucana gastaram, no 1º semestre deste ano, R$ 5,1 milhões em verbas de cotas parlamentares. Já os senadores gastaram R$ 692 mil. Os dados foram coletados com base no portal da transparência da Câmara e do Senado
Um metrô ainda renegado Um metrô ainda renegado
São 32 anos de operação e uma eterna luta por sobrevivência. Esse é o metrô do Recife

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM