Jornal do Commercio
classificação

Croata Simunic é condenado a pagar multa por entoar cânticos nazistas

Para se defender, o jogador do Dínamo de Zagreb afirmou tê-lo feito apenas por "amor ao povo (croata) e à pátria"

Publicado em 21/11/2013, às 17h56

Da AFP

ZAGREB - O zagueiro croata Josip Simunic foi condenado a pagar 3.200 euros de multa, a pena máxima, por ter comemorado a classificação do seu país à Copa do Mundo de 2014 entoando cânticos nazistas, anunciou nesta quinta-feira (21) a Justiça croata.

Após a vitória por 2-0 da Croácia sobre a Islândia, sinônimo de classificação para o Mundial, Simunic pegou um microfone e repetiu um grito usado pelo regime pró-nazista croata na Segunda Guerra Mundial. "Pela pátria" (Za Dom), disse ele quatro vezes, ao que os torcedores responderam: "Prontos" (Spremni).

Para se defender, o jogador do Dínamo de Zagreb afirmou tê-lo feito apenas por "amor ao povo (croata) e à pátria" e rejeitou qualquer conotação inspirada "no ódio ou na destruição".

"São as únicas razões que, em um momento de emoção, me influenciaram e é por isso que comecei a cantar com o público", explicou Josip Simunic, de 35 anos.

Seu gesto foi condenado pelo presidente croata, Ivo Josipovic, e pelo governo.




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Recife em Transformação Recife em Transformação
A cidade e o desafio de traçar o seu futuro
Zika em mil dias Zika em mil dias
Já se passaram quase 2 anos e meio desde que o JC anunciou a explosão de casos de recém-nascidos com microcefalia. Muitas dessas crianças já completaram os seus primeiros mil dias de vida. Famílias e especialistas revelam o que aconteceu nesse período
Logística e inovação Logística e inovação
Você sabe o que é logística? Ela parece invisível, mas está presente no nosso dia a dia, encurtando distâncias. Quando compramos uma maçã no supermercado, muitas vezes não nos damos conta do caminho que percorreu até chegar a nossas mãos

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM