Jornal do Commercio
craque da seleção

Após lesão, Neymar confessa que está com medo de voltar a jogar

Neymar fará sua reestreia no dia 3 de junho, no amistoso da seleção brasileira contra a Croácia. Ele disse que ninguém está com mais medo do que ele

Publicado em 16/05/2018, às 11h34

Neymar voltará a trabalhar com bola na próxima semana / AFP
Neymar voltará a trabalhar com bola na próxima semana
AFP
JC Online

Antes da estreia na Copa do Mundo, Neymar vai encarar dois momentos fundamentais: os amistosos dos dias 3 e 10 de junho. O jogador passou os últimos três meses se recuperando de uma cirurgia no pé direito e a ansiedade recai sobre como ele se sentirá novamente em ação. Neymar confessou que está com medo. "Ninguém está com mais medo do que eu", garantiu.

MEDO

O jogador falou sobre seu momento na carreira. "É um dos momentos mais difíceis que já passei. Eu sei que está todo mundo nervoso, mas ninguém está mais ansioso do que eu para voltar. E ninguém está com mais medo do que eu", revelou Neymar, em entrevista ao Jornal Nacional, na terça-feira.



O camisa 10 do PSG sofreu uma fratura no quinto metatarso do pé direito e precisou fazer uma cirurgia para se recuperar. Desde o início de março o jogador vem realizando tratamento intensivo para voltar a jogar na Copa do Mundo. A seleção brasileira se concentrará na Granja Comary na próxima segunda-feira. E a estreia no Mundial da Rússia será no dia 17 de junho, contra a Suíça. 


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM