Jornal do Commercio
VOLTOU ATRÁS

Após mal-estar, AFA se desculpa por 'manual de como seduzir russas'

Manual causou polêmica no futebol argentino

Publicado em 16/05/2018, às 18h04

Segundo a AFA, parte do manual foi impressa incorretamente  / Reprodução
Segundo a AFA, parte do manual foi impressa incorretamente
Reprodução
JC Online

A Associação de Futebol da Argentina (AFA) se desculpou nesta quarta-feira (16/05) pelo trecho de uma apostila lançada na terça e que ensina "como ter uma chance com uma russa". O tópico integra o curso de "idioma e cultura", promovido pela própria AFA e destinado a jornalistas, técnicos e jogadores que irão para o Mundial. Segundo o órgão, esta parte foi impressa de maneira errada.

“O professor encarregado do curso selecionou informações para dar aos assistentes e, infelizmente no momento da impressão do mesmo, devido a um erro involuntário, foi incluído um texto que nunca fez parte do treinamento”, afirmou a AFA, em nota publicada no seu site oficial.



"ATENÇÃO À IMAGEM"

Parte do tópico afirma que "as mulheres russas prestam muita atenção na aparência." E ainda deu a dica: "atenção à sua imagem."


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM