Jornal do Commercio
copa de 2026

CBF quebra acordo com EUA e vota em candidatura do Marrocos

Coronel Nunes, presidente da CBF, acreditava que o voto era secreto e justificou escolha com discurso enrolado. Copa de 2026 será nos EUA, México e Canadá

Publicado em 13/06/2018, às 11h06

Presidente da FPF, Evandro Carvalho, representou o Brasil na votação / JC Imagem
Presidente da FPF, Evandro Carvalho, representou o Brasil na votação
JC Imagem
JC Online

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) votou na candidatura do Marrocos para sediar a Copa do Mundo de 2026. A Fifa divulgou a lista com todos os votos logo após anunciar que a América do Norte, com Estados Unidos, México e Canadá, venceu a votação e será palco do Mundial. 

QUEBRA DE ACORDO

Entre os países da América do Sul, o Brasil foi o único que não votou nos vizinhos do Norte para receber a competição. Os países da Conmebol fizeram um acordo de voto para a chapa vencedora e apenas o país não confirmou a parceria. Os delegados brasileiros na missão foram o presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Evandro Carvalho, do Piauí, Cesariano Oliveira, e o presidente da CBF, Coronel Nunes.



Coronel Nunes disse que achava que o voto era secreto e justificou sua escolha. "Simpatizei com a campanha do Marrocos. Além disso, os Estados Unidos já fizeram uma Copa do Mundo. Seria bom que fosse o Marrocos", observou. 


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM