Jornal do Commercio
Rússia 2018

Treinadores de olho na taça da Copa do Mundo

Dos 32 que estão na Rússia, só alemão Joachim Löw já ganhou a Copa

Publicado em 13/06/2018, às 08h25

Alemão Low chega respaldado por título de 2014, no Brasil / YURI KADOBNOV / AFP
Alemão Low chega respaldado por título de 2014, no Brasil
YURI KADOBNOV / AFP
Gabriela Máxima
esportes@jc.com.br

Não há dúvida que os grandes protagonistas da Copa do Mundo sempre são os jogadores, em sua maioria atacantes e artilheiros. No entanto, com interferência dentro e fora das quatro linhas, a figura do técnico é imprescindível no futebol de hoje. Além da parte tática e técnica, é preciso atenção aos mínimos detalhes extracampo. Trinta e dois “professores” vão, a partir de amanhã, poder botar no currículo a participação em uma Copa do Mundo. Para alguns deles, a experiência nem é tão nova assim. O JC dissecou o currículo dos técnicos da Copa e pinçou algumas particularidades.

No topo do ranking de títulos na carreira está o comandante da seleção brasileira. Tite já levantou 12 troféus, sendo os mais importantes pelo Corinthians - Libertadores e Mundial de Clubes (ambos em 2012) e Brasileiros de 2011 e 2015. Adenor Leonardo Bachi, nome completo de Tite, na verdade, foi o grande responsável por resgatar a confiança da seleção. Em junho de 2016, assumiu a equipe com o desafio de recuperar o futebol nacional após a humilhante derrota por 7x1 diante da Alemanha no Mundial de 2014 e a eliminação precoce na Copa América Centenário (2016), que causou a demissão de Dunga. Tite precisava reerguer a seleção nas Eliminatórias. Conseguiu. De lá para cá, acumula 21 jogos, com 17 triunfos, três empates e apenas uma derrota. Com 82% de aproveitamento, a delegação canarinho chega à Copa do Mundo como uma das favoritas ao troféu.

CONHEÇA OS TREINADORES QUE FIZERAM HISTÓRIA EM COPAS NO ESPECIAL "JC NO MUNDIAL"

O segundo posto no ranking de títulos é de Didier Deschamps. O francês conquistou oito, sendo o principal a taça do Campeonato Francês em 2010 pelo Olympique de Marselha. Como jogador, ele foi o capitão do único título mundial dos Azuis, em 1998. Embora ainda enfrente a desconfiança de muitos franceses, o treinador conseguiu renovar o grupo e voltar a ameaçar rivais após a eliminação ainda na fase de grupos da Copa de 2010 – na época, a seleção era liderada por Laurent Blanc. Mesmo desacreditado, Deschamps conduziu sua equipe às quartas de final do Mundial de 2014 (perdeu para a campeã Alemanha) e agora volta encarar a oportunidade de faturar a Copa do Mundo.



Entre os principais técnicos da Copa, claro, está o atual campeão, Joachim Löw. Dos 32 treinadores na Rússia, ele é o único que ostenta um título mundial, conquistado no Brasil em 2014. Ele lidera a seleção germânica há 12 anos e seu trabalho ficou conhecido pela constante renovação do elenco. “O futebol da Alemanha é muito forte no quesito tático. Na realidade, essa é uma característica que sempre existiu. Nosso trabalho é transformar os jogadores em criativos e técnicos”, comentou Löw, que em 2017 ganhou a Copa das Confederações.

PORTUGAL

O português Fernando Santos, campeão da Eurocopa de 2016 comandando o craque Cristiano Ronaldo & cia, também merece destaque. Nas Eliminatórias da Copa da Rússia, a seleção lusa se classificou como líder do Grupo B, com nove vitórias em 10 partidas. No Grupo B da Copa, Portugal vai enfrentar a Espanha, que demitiu Julen Lopetegui às vésperas da Copa, após o treinador acertar com o Real Madrid. Seu substituto será Fernando Hierro, ex-jogador da seleção espanhola.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM