Jornal do Commercio
2017

Chapecoense não terá imunidade de rebaixamento na Série A

Presidente da Chape confirmou que CBF não poderá fazer solicitação dos outros clubes

Publicado em 05/12/2016, às 15h40

Ivan Tozzo, presidente em exercício da Chapecoense, confirmou que clube não terá imunidade / Divulgação
Ivan Tozzo, presidente em exercício da Chapecoense, confirmou que clube não terá imunidade
Divulgação
JC Online

Vários clubes da Série A até tentaram, mas a Chapecoense não estará imune ao rebaixamento na Série A nas próximas três temporadas. Em entrevista ao Esporte Interativo, Ivan Tozzo, presidente em exercício do clube catarinense, confirmou a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) não poderá atender a solicitação.

“Falei com o presidente Del Nero e com Walter Feldman (secretário-geral da CBF) também. Isso não existe. Isso não tem como eles fazerem. A CBF querer nos ajudar, assim como os clubes, que estão querendo emprestar jogadores. Mas garantir três anos (sem rebaixamento) é impossível. Eles não podem fazer isso”, afirmou Ivan Tozzo, ao Esporte Interativo.

Com essa solicitação negada, a Chapecoense corre para organizar o planejamento visando 2017. Principalmente porque, no dia 14 de dezembro, o clube terá eleições para o Executivo e para o Conselho Deliberativo. “Nós já estamos garantidos na Série A em 2017. Agora, precisamos fazer um bom planejamento para continuar no Brasileirão e fazer com que a Chapecoense seja sempre grande”, finalizou Tozzo.

Recomendados para você


Comentários

Por Yuri Carvalho,29/12/2016

VERGONHAAAAAAAA... VERGONHAAAAA... Me sinto enojado em ser Brasileiros por esses "dirigentes" meia boca por não terem Altruísmo, compaixão, solidariedade, bom senso e desportividade. Deus que me perdoe... Mas esses seres humanos que comandam o futebol brasileiro deveriam estar naquele avião da Lâmia.

Por Otacilio Costa,05/12/2016

Só mesmos pessoas com pouca moral como esses ai da CBF pra não aceitar a imunidade por 3 anos pra Chape. É só convocar uma assembléia extraordinária com os Presidentes dos clubes da Série A e B e levar a votação, se a maioria aprovar tudo resolvido. Mas entendo que deveria ser uma atitude de compaixão e solidariedade para com a Chapecoense que perdeu todos os seus jogadores no tragédia na queda do avião. Os colombianos sim, aqueles são gente de verdade, mostraram toda a sua grandeza de espirito de solidariedade, mas como temos brasileiros tão mesquinhos como esses que dirigem a CBF, bandidos procurados pela Interpol. VERGONHA.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM