Jornal do Commercio
Herança

Neto de Garrincha é anunciado por clube da segunda divisão inglesa

O sueco Henrik Johansson, de apenas de 18 anos, foi aproveitado pelo Brentford e pode continuar legado do avó

Publicado em 11/01/2017, às 01h26

Atleta foi apresentado no site oficial do clube inglês / Divulgação/Brentford
Atleta foi apresentado no site oficial do clube inglês
Divulgação/Brentford
Felipe Holanda
Twitter: @f_holanda1

Em busca de manter o gene de família sempre vivo no futebol mundial. O sueco Henrik Johansson, de apenas 18 anos e neto do craque Garrincha (bicampeão mundial pela Seleção Brasileira em 1958 e 1962), foi anunciado na última terça (10/1) como um dos reforços do Brentford, que atualmente disputa a segunda divisão da Inglaterra (The Championship) para o restante da temporada.              

A jovem promessa, que assinou contrato de dois anos e meio, passou por testes no final de 2016, causando boa impressão nos observadores dos Bees, como é conhecido o Brentford, e pode ser utilizado entre os profissionais, apesar de ficar provisiaramente no time B" Nos próximos dias de 2017, o clube bretão fará excursão pela Alemanha e Dinamarca.

CARREIRA

Henrik Johansson nasceu em 1998 e é filho de Ulf Lindberg, filho sueco de Mané Garrincha. O atacante estava no Halmstad, que atualmente disputa a primeira divisão do futebol sueco, e chegou a defender a Seleção sub-19 do país nórdico até chamar a atenção do futebol da terra da rainha. 

Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Educação, emprego e futuro Educação, emprego e futuro
Investir em educação é um pressuposto para o crescimento econômico, a geração de empregos e o aumento da renda. Aos poucos, empresas dos mais variados setores entram numa engrenagem antes formada apenas pelo poder público.
Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM