Jornal do Commercio
Futebol

Campeão brasileiro pelo Flamengo chega ao Petrolina nesta quarta

Técnico Andrade vai comandar a Fera Sertaneja na Série A2 do Pernambucano

Publicado em 08/02/2017, às 08h26

Andrade: “Estamos chegando ao Petrolina a trabalho, não a passeio” / Divulgação
Andrade: “Estamos chegando ao Petrolina a trabalho, não a passeio”
Divulgação
ALEXANDRE ARDITTI
Twitter: @alearditti

Campeão brasileiro em 2009 no comando do Flamengo, o técnico Andrade chega a Petrolina nesta quarta-feira (8), às 16h25, em voo da Avianca. O treinador de 59 anos vai passar os próximos três dias no Sertão pernambucano. Tempo que será utilizado para conhecer a estrutura do Petrolina e para tratar do início da montagem do elenco do clube para a Série A2 do Estadual, que será realizada no segundo semestre. A intenção do novo presidente da Fera Sertaneja, Cirineu Ribeiro, é formar o time com cerca 70% dos atletas vindos do eixo Rio-São Paulo, fruto de parcerias com grandes equipes do País.

Andrade chega ao Sertão acompanhado por outro ex-craque do Flamengo na década de 1980: Nunes. O ex-atacante ocupará o cargo de diretor de futebol no Petrolina. As contratações dos dois fazem parte do “primeiro ato” de Cirineu Ribeiro na presidência da Fera. O novo mandatário diz querer fazer um time capaz de conseguir o acesso à elite do Pernambucano nesta temporada e de brigar pelo título da Primeira Divisão no ano que vem.

De acordo com Cirineu, a folha salarial do Petrolina deve girar em torno dos R$ 200 mil mensais, valor superior aos dos demais adversários da Série A2. Para a formação do elenco, o clube vem negociando parcerias com Flamengo e São Paulo. A intenção é que essas equipes cedam sem custo à Fera Sertaneja atletas jovens que não vêm sendo utilizados. O regulamento da Segunda Divisão do Pernambucano limita a idade dos jogadores a 23 anos, com exceção de cinco peças.

MOTIVAÇÃO

“Estou motivado. Encaro essa possibilidade de comandar o Petrolina com o mesmo entusiasmo que seria se estivesse indo para o Flamengo ou para qualquer outro time. É um trabalho duro, pois vamos montar o elenco desde o princípio. Mas gostei das ideias apresentadas pela diretoria do clube. Estava mesmo querendo voltar ao futebol”, afirmou Andrade, em entrevista ao Jornal do Commercio. “Estamos chegando ao Petrolina a trabalho, não a passeio”, completou.

 

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM