Jornal do Commercio
Crime

Boa Esporte perde patrocinador master após contratar Bruno Fernandes

Essa é a quarta empresa que rompe com o clube de Varginha

Publicado em 13/03/2017, às 17h25

Bruno foi condenado a 22 anos de prisão pelo assassinato de Elisa Samudio, mas ficou sete anos preso / AFP
Bruno foi condenado a 22 anos de prisão pelo assassinato de Elisa Samudio, mas ficou sete anos preso
AFP
LUANA PONSONI

O Boa Esporte perdeu, na tarde desta segunda-feira (13), o seu maior patrocinador: o Grupo Góis & Silva. A empresa usou a rede social Facebook para emitir uma nota oficial em que diz não apoiar mais o clube mineiro. A iniciativa foi tomada depois que o Boa anunciou a contratação do ex-presidiário e goleiro Bruno Fernandes, condenado em 2013 a 22 anos de prisão pelo assassinato de Eliza Samudio. Até que o julgamento aconteça em segunda instância, porém, o ex-goleiro do Flamengo ganhou do STF o direito de aguardar em liberdade. 

A empresa é a quarta a retirar o apoio ao clube mineiro, devido à repercussão negativa que o Boa recebeu com a decisão de contratar o ex-presidiário. Antes do Grupo Góis & Silva, foi a vez da Cardiocenter Varginha, da Magsul Ressonância Magnétic e da Nutrends Nutrition cancelarem os patrocínios. As quatro empresas publicaram um comunicado oficial em suas páginas no Facebook. 

 

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM