Jornal do Commercio
Narração

Torcedores se dividem sobre ausência de Galvão Bueno em Brasil x Argentina

O horário inusitado e a cobertura de canais sem tradição em transmissões esportivas também tornaram o cenário intrigante para os torcedores neste amistoso

Publicado em 09/06/2017, às 09h18

"Seleção sem o Galvão não leva o hexa", disse internauta no Twitter
Foto: reprodução
JC Online

A ausência dos já famosos bordões de Galvão Bueno dividiu opiniões entre a torcida brasileira no jogo diante da Argentina, nesta sexta (9). O horário inusitado e a cobertura de canais sem tradição em transmissões esportivas, como TV Brasil e TV Cultura, também tornaram o cenário intrigante para os torcedores neste amistoso, ocorrido às 7h. A hora se justifica pois o local da partida é o Melbourne Cricket Ground, na Austrália, onde o fuso é de 10h de diferença.



O outro destaque ficou por conta da rede estatal TV Brasil cobrir a partida, com narração de Nivaldo Prieto e comentários do rei Pelé, alvo de críticas pelos internautas.

 Veja abaixo a repercussão do jogo nas redes sociais:


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM