Jornal do Commercio
confederações

Putin cobra melhores resultados da Rússia às vésperas de estreia

A Copa das Confederações começa no próximo sábado, com o jogo de abertura entre a dona da casa, Rússia, e a Nova Zelândia

Publicado em 15/06/2017, às 17h14

Putin pediu comprometimento por parte dos jogadores da seleção anfitriã / AFP
Putin pediu comprometimento por parte dos jogadores da seleção anfitriã
AFP
JC Online

O presidente russo Vladimir Putin cobrou publicamente a seleção de seu país às vésperas da estreia na Copa das Confederações. O mandatário exigiu um bom resultado da equipe nacional, que fará o jogo de abertura desta edição da competição neste sábado, às 12h (de Brasília), contra a Nova Zelândia, em São Petersburgo, na Rússia.

"Os torcedores e todos aqueles que amam o futebol russo esperam melhores resultados do nosso time nacional", pediu. Putin reclamou do fato de a seleção ter vencido apenas três dos últimos 15 confrontos que disputou, sendo que em 2018 a Rússia irá abrigar a próxima edição da Copa do Mundo.

MAIS DEDICAÇÃO

O presidente acha que os jogadores precisam se dedicar mais. "Espero que os caras joguem com o máximo de comprometimento, como verdadeiros guerreiros, que demonstrem para os torcedores que estão se esforçando para ganhar", prosseguiu.



Preocupado com a fase ruim da seleção, Putin ainda disse que consultou diversos especialistas em futebol pelo mundo para conhecer melhor a situação do futebol em seu país. As respostas, segundo ele, não foram nada animadoras, com críticas ao excesso de estrangeiros no Campeonato Russo e uma safra ruim de técnicos mais novos.

A Rússia, no entanto, vem de dois bons resultados em amistosos na última semana. Venceu a Hungria por 3x0 e empatou por 1x1 com o Chile, atual bicampeão da Copa América e que disputará esta edição da Copa das Confederações - sua estreia será neste domingo, às 15h, em Moscou. Por isso, Putin acha que pode ter alguma esperança. "Existe um potencial", finalizou.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM