Jornal do Commercio
A queda

Agora é oficial: Náutico está rebaixado para a Série C

A vitória do Guarani sobre o CRB por 2x1 consolidou o rebaixamento do Náutico,

Publicado em 11/11/2017, às 19h54

Náutico fez uma campanha desastrosa no primeiro turno. / Foto: Guga Matos/ JC Imagem.
Náutico fez uma campanha desastrosa no primeiro turno.
Foto: Guga Matos/ JC Imagem.
Blog do Torcedor

A vitória do Guarani sobre o CRB por 2x1 consolidou o rebaixamento do Náutico, que voltará a disputar a Série C depois de 19 anos. O resultado levou o Bugre aos 43 pontos. Com 31, o time pernambucano só pode chegar aos 40, chegando, no máximo, ao 17º lugar.

Para o técnico Roberto Fernandes, algo que já estava escrito há muito tempo, desde que os alvirrubros venceram apenas duas partidas no primeiro turno. "O Náutico, merecidamente, chegou a essa situação. No primeiro turno terminou como lanterna e no segundo, antes dessa rodada, era 15º. Foi a cena de uma morte anunciada. Disputou 36 rodadas não só dentro do Z4, mas brigando com o ABC para ver quem era o lanterna", enfatizou.



Leia mais:

Náutico perde para o Londrina

Roberto disse que posteriormente vai se pronunciar com mais detalhes sobre a queda, mas não deve fugir do que foi feito no primeiro turno. A partir de agora, nos três jogos restantes, vai aproveitar para fazer mais observações no elenco, porém avisou que só vai escalar quem estiver com condições e, principalmente, disposição, para entrar em campo e disputar três pontos.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM