Jornal do Commercio
Colônia

Alemanha marca no final e arranca empate com a França por 2 a 2

Franceses começaram na frente e alemães foram buscar o resultado

Publicado em 14/11/2017, às 19h33

Duas seleções estarão na Copa do ano que vem / Foto: AFP
Duas seleções estarão na Copa do ano que vem
Foto: AFP
Estadão Conteúdo

Atual campeã do mundo, a Alemanha por pouco perdeu a longa invencibilidade que detém desde a eliminação nas semifinais da Eurocopa de 2016 para a França. Nesta terça-feira, em Colônia, justamente contra os franceses, a seleção alemã precisou de um gol de Stindl, aos 47 minutos do segundo tempo, para arrancar o empate por 2 a 2 no amistoso e chegar a 21 jogos sem perder - 16 vitórias e agora 5 empates. É a primeira vez desde 1997 que os alemães terminam um ano sem serem batidos.

Os torcedores que foram ao RheinEnergieStadion, em Colônia, puderam assistir a um jogo em que nada parecia ser um amistoso. As duas seleções buscaram o ataque a todo o momento e os franceses surpreenderam pela velocidade de seus contra-ataques, que deixavam os alemães sem muita reação na defesa.

O centroavante Alexandre Lacazette, atualmente no Arsenal, brilhou ao marcar os dois gols da seleção treinada pelo técnico Didier Deschamps - em ambos, o contra-ataque foi puxado pelo atacante Mbappé, do Paris Saint-Germain. Já os atuais campeões do mundo contaram com um gol de Timo Werner no primeiro tempo, além do marcado por Stindl nos instantes finais.

O placar de 2 a 2, no entanto, poderia ter sido com mais gols. Do lado alemão, Timo Werner criou boas chances e Toni Kroos acertou a trave em uma cobrança de falta. Já os franceses obrigaram o goleiro Kevin Trapp a fazer três boas intervenções no primeiro tempo.



OUTROS JOGOS

Quem fez história nesta terça-feira foi Romelu Lukaku. O centroavante do Manchester United se tornou o maior goleador da Bélgica ao marcar o gol da vitória sobre o Japão por 1 a 0, em Bruxelas. Agora com 31 gols, ultrapassou Paul Van Himst e Bernard Voorhoof na lista de artilheiros da seleção belga.

Em Viena, o Uruguai perdeu para a Áustria por 2 a 1. Em apenas 10 minutos de partida, o placar já estava 1 a 1 - Marcel Sabitzer marcou para os donos da casa, aos 5, e o centroavante Edinson Cavani empatou aos 10. No final, aos 42 do segundo tempo, Louis Schaub decretou a vitória dos austríacos, que não conseguiram vaga na Copa do Mundo de 2018.

Já o Panamá, se preparando para seu primeiro Mundial da história, encarou o País de Gales, fora de casa, e conseguiu um empate por 1 a 1. Armando Cooper, aos 45 minutos do segundo tempo, fez o gol da igualdade panamenha no amistoso disputado em Cardiff.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores
#ACulpaNãoÉDelas #ACulpaNãoÉDelas
Histórias de mulheres que passaram anos sendo agredidas por seus parceiros e, com medo, permaneceram em silêncio. Essa série de reportagem discute novos olhares no enfrentamento às agressões contra a mulher, até porque a culpa não é delas

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM