Jornal do Commercio
Europa

Jornal francês aponta Neymar como pivô de racha no PSG

Viagem do atacante ao Brasil no fim do ano passado, antes do recesso das festas, teria motivado a discórdia

Publicado em 12/01/2018, às 11h47

Neymar já protagonizou outra polêmica ao querer bater pênalti pelo PSG, que tem Cavani como batedor / AFP
Neymar já protagonizou outra polêmica ao querer bater pênalti pelo PSG, que tem Cavani como batedor
AFP
JC Online

A chegada de Neymar ao Paris Saint-Germain continua dando o que falar. Depois da polêmica sobre quem seria o batedor de pênaltis do clube, entre o brasileiro e o uruguaio Cavani, uma nova polêmica cerca o camisa 10 do time francês. O jornal L'Equipe" trouxe, em matéria desta sexta-feira (12), informações que haveria atritos entre brasileiros e outros sul-americanos, sendo Neymar o pivô dos tumultos. A publicação também aponta o vestiário do PSG como "uma bagunça".

De acordo com o L'Equipe", o problema está entre os argentinos Di Maria, Pastore e Giovanni Lo Celso e os demais brasileiros. Nesse contexto, o uruguaio Cavani seria o principal aliado dos hermanos. O mal estar entre Neymar e os companheiros de equipe foi reforçado pela viagem que o atacante fez ao Brasil no fim do ano, para resolver "problemas pessoais". Tudo se deu com autorização do clube e a atitude dos dirigentes não foi muito bem vista por alguns atleta do PSG.

"O assunto dos atrasos faz ressurgir as tensões. Os argentinos e Cavani ainda não esquecem a viagem de Neymar ao Brasil com a autorização dos dirigentes", cita trecho da reportagem, que relembra que o atacante esteve em um festa durante o período, em fotos divulgadas em redes sociais.



TROCO

Nas férias de fim de ano, Cavani e Pastore "deram o troco", e se atrasaram na reapresentação. Por esse motivo, foram punidos com ausência nos dois primeiros jogos do PSG nesta temporada. A atitude dos dois foi abertamente criticada pelo também brasileiro Thiago Silva. 

"As declarações de Thiago Silva após os atrasos de Cavani e Pastore, seguido da resposta do argentino, dão ideia da bagunça no PSG. A direção, e Unai Emery, também mostram clara falha no comando", publicou o jornal.


Palavras-chave

Recomendados para você


Comentários

Por ZE PACHECO,12/01/2018

BEM , QUE O NEYMAR PODE SER UMA MALA , ISSO PODE! MAS PELO ACERTO DELE COM O PSG FOI PARA ELE SER A ESTRELA DO TIME E SÓ COM ISSO CAUSA UM CERTO CIÚME DOS DEMAIS JOGADORES. O FATO É QUE O TÉCNICO É FRACO E SEM MORAL , SENDO DEIXADO PELA DIREÇÃO DO CLUBE PARA RESOLVER OS CONFLITOS , O QUE É UM ERRO , PRINCIPALMENTE QUE O TÉCNICO NÃO ESTA NO MESMO PATAMAR DAS ESTRELAS DO TIME , FICANDO SEM MORAL.MAS A ESTRELA DI TIME É NEYMAR , FOI CONTRATADO A PESO DE OURO , É UM GRANDE JOGADOR E TEM QUE SER DADO A ELE TODA CONDIÇÃO DE SE TORNAR O Nº 1 DO MUNDO!!!

Por MARCOS DA SILVA,12/01/2018

Neymar é um mala sem alça. Desagregador nato. Quer ser a única estrela dos times onde passa. Não teve boquinha no Barcelona do craque Lionel Messi e foi perturbar no PSG. Já se fala de sua saída para o Real Madrid, condicionada a saída de outro craque Cristiano Ronaldo; os dois n~]ao ficam no mesmo time, tenham a certeza.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM