Jornal do Commercio
copa do mundo

Luizão acredita em hexa na Copa, mas pede menos firula de Neymar

Ex-atacante campeão da copa de 2002, Luizão acredita que seleção brasileira pode vencer a Copa do Mundo, mas chama a atenção para responsabilidade de maturidade de Neymar

Publicado em 12/01/2018, às 13h43

Luizão pede menos firula de Neymar / CBF/Divulgação
Luizão pede menos firula de Neymar
CBF/Divulgação
JC Online

O ex-atacante campeão do mundo de 2002, Luizão acredita que o Brasil pode conquistar o hexacampeonato na Copa do Mundo da Rússia com uma condição: que Neymar seja mais solidário e jogue para o time. Ele revelou sua opinião durante entrevista ao programado No Ar com André Henning. 



RESPONSABILIDADE DE NEYMAR

"Temos um jogador que pode fazer diferença, mas ele precisa entender que precisa do resto do time. Falta isso", argumentou o ex-jogador, que continuou. "Eu acredito muito que a seleção conquista o título esse ano, mas vai depender muito da cabeça de Neymar. Precisamos dele, mas ele precisa entender que também precisa do time. Tem que fazer menos firula", completou. 

 


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Copa do Nordeste 2018 Copa do Nordeste 2018
A 15ª edição da Copa do Nordeste tem um sabor especial. 2018 marca a volta das transmissões de futebol da TV Jornal. Ao lado da co-irmã de Caruaru e de nove afiliadas do SBT Nordeste, a emissora vai levar ao público todas as emoções do torneio
Conheça o Cambinda Brasileira, maracatu rural mais antigo em atividade Conheça o Cambinda Brasileira, maracatu rural mais antigo em atividade
Conheça o Cambinda Brasileira, maracatu rural mais antigo em atividade
Feliz 2018! Feliz 2018!
Clique e faça sua própria queima de fogos

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM