Jornal do Commercio
CAMPEONATO PERNAMBUCANO

Campeonato Pernambucano de 2018 chega cheio de novidades

Estadual começa na próxima quarta-feira

Publicado em 14/01/2018, às 08h01

Sport é o atual campeão pernambucano / Diego Nigro/JC Imagem
Sport é o atual campeão pernambucano
Diego Nigro/JC Imagem
Matheus Cunha
Twitter: @_mfcunha

A bola vai voltar a rolar para a disputa do Campeonato Pernambucano. O Estadual começa apenas na próxima quarta-feira, mas a preparação para a competição começou desde o ano passado, com o início da pré-temporada dos clubes do interior. Aliás, os interioranos estão em polvorosa com a disputa de 2018, já que todos voltarão a enfrentar Náutico, Santa Cruz e Sport. Desde 2014 o regulamento dividia os clubes em dois hexagonais. Agora, a festa no interior é a grande esperança da Federação Pernambucana de Futebol (FPF) para a edição que se inicia.

O regulamento aprovado em outubro passado prevê jogos apenas de ida entre todos os 11 clubes inscritos na competição. Os oito melhores irão avançar para as quartas de final, que também será em uma única partida. Assim como a semifinal. Apenas a final será disputada em dois jogos. Esse foi o modelo de disputa apresentado e defendido pelos clubes do interior. O trio de ferro da capital também optou por todos se enfrentando, mas com apenas os quatro primeiros passando para o mata-mata.

Para o presidente da FPF, Evandro Carvalho, a mudança no modelo não é a tecnicamente ideal, tendo em vista que, segundo ele, é melhor para o campeonato uma disputa prévia entre os clubes intermediários, passando apenas os melhores. Mas, por conta da falta de recursos públicos e de patrocínio, é importante para os interioranos a ida dos grandes para as suas cidades, já que gera mais renda de bilheteria. O Flamengo de Arcoverde receberá o Sport pela primeira vez em sua história no estádio Áureo Bradley, no Sertão.

“O fato de você levar os grandes para o interior é muito positivo pelo lado financeiro. O lado técnico não é tão proveitoso assim. O ideal era o que nós fazíamos, com os intermediários jogando entre si primeiro. Mas esse modelo só funciona se os clubes do interior tiverem investimento. Quando perdemos os R$ 24 milhões do Todos Com a Nota (programa do Governo de Pernambuco que ajudava na geração de receita dos clubes), isso prejudicou muito a condição financeira de todos”, explicou o mandatário.



A definição de quantos clubes da capital cada interiorano vai receber foi feita a partir da classificação final do ano passado. Os mais bem ranqueados jogarão contra dois grandes em casa. Enquanto que os piores vão abrigar apenas um. O Náutico, por exemplo, será o único do trio de ferro a não jogar no Sertão.

Além do novo regulamento, outra novidade no Campeonato Pernambucano deste ano será o lançamento do aplicativo “Futebol Conectado”, onde o torcedor poderá palpitar sobre os jogos, como o placar de cada partida. Ao fim, os que tiverem acertado mais resultados ganharão brindes, como bolas e camisas oficiais.

AJUDA DO STJD

Outro ponto, desta vez sem ser novidade em 2018, é o choque de datas entre as partidas do Pernambucano, da Copa do Nordeste e da Copa do Brasil. Isso já ocorreu no ano passando, quando o Sport jogou pelo Nordestão em um domingo e pelo Estadual já na segunda-feira, utilizando o sub-20 contra o Salgueiro. O Santa Cruz, por exemplo, receberá o Vitória, no Arruda, dois dias depois da estreia no Nordestão, contra o Confiança. A legislação exige um intervalo mínimo de 66h entre um jogo e outro. Contudo, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) autorizou a realização de jogos do mesmo time em dias seguidos. Basta que os mesmos jogadores não estejam nas duas partidas em sequência.

“Graças a Deus conseguimos essas mudanças. O jogador não pode jogar com menos de 66h, mas o clube pode. Como agora não existe mais o impedimento que o clube jogue, vamos ter datas. Todos nós acreditamos que teremos o maior campeonato da história do nosso futebol”, frisou Evandro.


Recomendados para você


Comentários

Por JOSÉ OLAVO DOS SANTOS,17/01/2018

O NAUTICO NÃO JOGA NO INTERIOR PORQUE NÃO TEM TORCIDA. QUANTO AO SPORT O MAIOR DE TODOS, A DIRETORIA FOI VERGONHOSA EM NÃO PARTICIPAR DO NORDESTÃO



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Vidas Compartilhadas Vidas Compartilhadas
O JC apresenta o mundo da doação e dos transplantes de órgãos pelas vozes de pessoas que ensinam, mesmo diante das adversidades, a recomeçar a vida quantas vezes for preciso.
JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM