Jornal do Commercio
Recuperação

Pai de Neymar agradece após craque ser visitado por presidente do PSG

Nasser Al Klelaif, dono e presidente do PSG, foi um dos dirigentes que marcaram presença na mansão do jogador

Publicado em 13/03/2018, às 12h41

Neymar entrou em sua segunda semana de recuperação no Brasil / Foto: reprodução
Neymar entrou em sua segunda semana de recuperação no Brasil
Foto: reprodução
Estadão Conteúdo

Parece que os dirigentes do Paris-Saint Germain realmente querem garantir a volta de Neymar ao clube após o fim do seu período de recuperação de uma cirurgia no pé direito, realizada no último dia 3, em Belo Horizonte. Nesta segunda-feira, uma comitiva do clube parisiense confirmou presença no Brasil para visitar o craque em Mangaratiba (RJ), onde ele está hospedado e realiza tratamento que levará até três meses. 

Em seu perfil oficial no Instagram, o pai de Neymar publicou uma foto para registrar o momento. "Visita do dia ao Neymar. Obrigado, PSG", escreveu em sua conta na noite de segunda-feira.

Visita do dia ao @neymarjr ! Thanks @psg

Uma publicação compartilhada por Neymar Pai (@neymarpai_) em

O catariano Nasser Al Klelaif, dono e presidente do PSG, foi um dos dirigentes que marcaram presença na mansão do jogador em Mangaratiba. Antero Henrique, diretor esportivo do clube, também estava no local.

Neymar entrou em sua segunda semana de recuperação no Brasil, após cirurgia para correção de fratura no quinto metatarso do seu pé direito. A indicação médica é que nos primeiros dias ele tenha de manter o pé para cima, sem pisar.



O atacante se lesionou em uma partida do PSG realizada no último dia 25 de fevereiro, pelo Campeonato Francês, e por causa do problema desfalcou o time na derrota por 2 a 1 para o Real Madrid que selou a eliminação da equipe parisiense nas oitavas de final da Liga dos Campeões.

Dirigentes do Paris Saint-Germain não querem dar brechas para que Neymar seja seduzido pelo Real Madrid, que seria um possível novo destino para a sua carreira após um início de passagem conturbado pelo clube francês, no qual ele chegou como jogador mais caro da história ao ser contratado junto ao Barcelona.

Investida de Madrid

Na semana passada, o jornal espanhol AS noticiou que representantes do Real Madrid, o pai de Neymar e dois advogados se reuniram em Paris para discutir uma possível transferência. No encontro, o time espanhol teria demonstrado interesse em ter o atacante por até 400 milhões de euros, cerca de R$ 1,6 bilhão. Nenhuma das partes confirmou o encontro. Antes de se acertar com o Barcelona enquanto jogador do Santos, Neymar chegou a fazer exames no Brasil com representantes do Real. A negociação não andou.

Por causa da lesão grave que sofreu, Neymar também ficou fora da lista de convocados pelo técnico Tite para os dois últimos amistosos da seleção brasileira antes da Copa do Mundo de 2018. O astro se tornou desfalque de peso para os duelos contra a Rússia, no dia 23 de março, em Moscou, e contra a Alemanha, no dia 27, em Berlim.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM