Jornal do Commercio
Clássico das Multidões

Relembre as últimas decisões entre Sport e Santa Cruz

Rivais se enfrentaram não apenas pelo Estadual, mas também na Copa do Nordeste e na Sul-Americana nos últimos anos

Publicado em 14/03/2018, às 10h53

Santa Cruz tem levado a melhor nos duelos mais recentes entre as duas equipes / Foto: Guga Matos e Alexandre Gondim/JC Imagem
Santa Cruz tem levado a melhor nos duelos mais recentes entre as duas equipes
Foto: Guga Matos e Alexandre Gondim/JC Imagem
Vinícius Barros

Sport e Santa Cruz têm se tornado um duelo cada vez mais comum nos últimos anos. Com 16 partidas decisivas de 2011 para cá, o Clássico das Multidões teve melhor desfecho para os corais em oito vezes e em cinco para o Leão. Na noite desta quarta, as equipes batem de frente pelas quartas do Estadual.

Os jogos foram decisivos em três competições: Campeonato Pernambucano, Copa do Nordeste e Copa Sul-Americana. Nas finais do Estadual de 2011, 2012, 2013 e 2016, a Cobra Coral saiu com o título.

No primeiro duelo entre eles em uma competição internacional, também deu Santa Cruz, classificado para segunda fase da Sul-Americana daquele ano após derrotar os rubro-negros. Já pela Copa do Nordeste de 2017, o confronto ocorreu na semifinal e serviu para o Sport se vingar das eliminações nos anos anteriores.



Relembre os confrontos:

Decisões do Pernambucano

Após cinco anos sem se encontrarem em uma final, Santa Cruz e Sport voltaram a decidir um Estadual em 2011. Em situação financeira complicada e integrante da Série D, o tricolor conseguiu superar a equipe rubro-negra, então na Série B do Brasileiro. Na Ilha do Retiro, melhor para os corais, que venceram por 2x0 o primeiro jogo. No Arruda, triunfo do Sport por 1x0, placar insuficiente para tirar a taça das mãos dos tricolores. Em 2012, o zero não saiu do placar na partida de ida entre as duas equipes, no Arruda. Na volta, em duelo movimentado, melhor para o Santa: 3x2 e bicampeonato conquistado. Em 2013, supremacia total dos corais. Após vencer em casa por 1x0, o Santa derrotou o Leão na Ilha do Retiro por 2x0 e sagrou-se tricampeão. Já em 2016, segurou o empate em 0x0 fora de casa depois de vencer por 1x0 em seus domínios para levar mais um troféu para o Arruda. Além dos confrontos nas decisões, os rivais se enfrentaram na semifinal de 2014, com o Sport eliminando o Santa nos pênaltis após cada time vencer uma partida em seus domínios. 

Copa Sul-Americana

Enquanto no Brasileirão os torcedores do Sport saíram animados com os resultados , no torneio internacional, a comemoração foi tricolor. Depois de um 0x0 na ida, os tricolores arrancaram a vitória por 1x0 no segundo embate. Os dois encontros ocorreram na Arena de Pernambuco e demarcaram o primeiro Clássico das Multidões em competições estrangeiras.

Copa do Nordeste

Após perder por 2x1 em casa em jogo marcado por provação do atacante tricolor Halef Pitbull, o Sport foi ao Arruda determinado em alcançar a classificação para final do Nordestão de 2017. Precisando vencer por dois gols de diferença para garantir a vaga, os leoninos abriram o placar no primeiro tempo e consolidaram o resultado na segunda etapa ao ampliarem para 2x0. O duelo contou ainda com várias expulsões e brigas entre jogadores.

Teste sua memória com os mascotes do Campeonato Pernambucano


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM