Jornal do Commercio
Náutico

Toninho dispara: "Jogadores são os culpados"

Nesta sexta, no aeroporto recifense, o vice-presidente não aliviou para cima dos atletas e disse que eles vão ter de tirar o Náutico do atoleiro que está

Publicado em 13/04/2012, às 20h53

Do JC Online

O clima, nem de longe, parecia o mesmo de outras chegadas do Náutico. Nem para o bem, com os torcedores empunhando bandeiras para receber heróis de novas conquistas; muito menos para o mal, com baderneiros travestidos de amantes do Alvirrubro, prontos para apupar seus desafetos. Talvez o fato de os jogadores terem jogado a toalha logo depois do confronto diante do Fortaleza, tenha tido um efeito anestésico no simpatizantes do Timbu, que não compareceram no saguão do aeroporto recifense. O silêncio só foi quebrado pelo vice-presidente, Toninho Monteiro, que chateado pela derrota por 4x0, na Copa do Brasil, no Ceará, culpou os atletas pelo fiasco dos últimos tempos.

"A culpa é dos jogadores e eles vão ter de tirar o Náutico da situação em que colocaram. Se a qualificação pode fazer com que continuem? Só a resposta de cada um pode dizer alguma coisa", afirmou Toninho Monteiro. Em tom mais brando, Toninho reconheceu que algumas contratações não foram acertadas. "Agora ninguém presta, mesmo com a aquele início do Pernambucano? Só vai depender dos jogadores e eu acho que no quadrangular entra todo mundo em pé de igualdade", ponderou.

Leia mais na edição deste sábado (14) do Jornal do Commercio




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC recall de marcas 2017 JC recall de marcas 2017
Conheça o ranking das marcas que têm conseguido se manter no topo da preferência dos pernambucanos. O rol é resultado de uma pesquisa realizada pelo Instituto Harrop, há duas décadas parceiro do Jornal do Commercio na realização da premiação
10 anos do IJCPM 10 anos do IJCPM
O Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social (IJCPM) comemora 10 anos de história, contribuindo para transformar a vida de jovens de comunidades com histórico de desigualdade social nas cidades de Recife, Salvador, Fortaleza e Aracaju
Chapecoense: um ano de saudade Chapecoense: um ano de saudade
Um ano de saudade. Foi isso que restou. A maior tragédia do esporte mundial, no dia 29 de novembro de 2016, quando houve o acidente aéreo com a delegação da Chapecoense, em Medellín, na Colômbia, fez 71 vítimas. Entre elas, dois pernambucanos

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM