Jornal do Commercio
EM CASA

Náutico: Tiago Cardoso está feliz de vermelho e branco

Goleiro diz que se sentiu muito à vontade na chegada ao clube alvirrubro

Publicado em 07/01/2017, às 08h03

Tiago Cardoso ficou feliz ao reencontrar o preparador de goleiros Washington, antigo parceiro / Foto: JC Imagem
Tiago Cardoso ficou feliz ao reencontrar o preparador de goleiros Washington, antigo parceiro
Foto: JC Imagem
Filipe Farias
Twitter: @_filipefarias

Foram seis anos defendendo o Santa Cruz. Nesse período, Tiago Cardoso conquistou cinco Campeonatos Pernambucanos, uma Copa do Nordeste e três acessos. Porém, nem mesmo toda essa identificação com o clube rival, impediu o goleiro de “se sentir à vontade” vestindo o vermelho e branco do Náutico.

“Quando cheguei aqui me senti muito à vontade. Parecia que eu já estava no Náutico há muito tempo, pela receptividade de todos comigo. Seis anos não são seis dias. Não trocamos de clube igual trocamos de carro. Acabou um ciclo no Santa Cruz e não me via jogando lá em 2017. Houve um acordo com a diretoria, saí de cabeça erguida e com a sensação de dever cumprido. Existiu o interesse do Náutico e fiquei bem à vontade e feliz para acertar”, falou Tiago.

Se dentro do clube a sua aceitação foi unânime, nas ruas do Recife não foi diferente. O goleiro revelou que os tricolores e os alvirrubros que lhe abordam sempre chegam com palavras de incentivo. “Em todo lugar o carinho tem sido enorme. O torcedor do Santa Cruz que me para sempre agradece por tudo que fiz e me deseja sorte no Náutico. Fico feliz com esse carinho. Já o do Náutico me felicita e diz que a expectativa é muito boa”, contou.

Apesar da excelente receptividade no novo clube, o agora paredão timbu sabe que a cobrança em cima dele será proporcional a tudo que conquistou na Cobra Coral. “Sempre tive uma responsabilidade grande. No Santa, a cobrança dos torcedores e dos funcionários era enorme. Aqui não será diferente. A expectativa é grande em mim. Por isso quero fazer o meu melhor. Creio muito na união, pois não fazemos nada sozinho. Vou dar o meu máximo, trabalhar forte, e ficar inteiramente à disposição para que as coisas aconteçam da melhor maneira no Náutico”, falou o camisa 1.

REENCONTRO

Na equipe alvirrubra, Tiago Cardoso vai reencontrar um antigo companheiro de Santa Cruz, o preparador de goleiros Washington. “Fizemos uma parceria excelente no Santa. Eu confio muito no trabalho dele e sei que ele confia no meu. Tenho certeza que vou crescer bastante de rendimento trabalhando novamente com ele agora no Náutico”, finalizou o goleiro.

Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Recife em Transformação Recife em Transformação
A cidade e o desafio de traçar o seu futuro
Zika em mil dias Zika em mil dias
Já se passaram quase 2 anos e meio desde que o JC anunciou a explosão de casos de recém-nascidos com microcefalia. Muitas dessas crianças já completaram os seus primeiros mil dias de vida. Famílias e especialistas revelam o que aconteceu nesse período
Logística e inovação Logística e inovação
Você sabe o que é logística? Ela parece invisível, mas está presente no nosso dia a dia, encurtando distâncias. Quando compramos uma maçã no supermercado, muitas vezes não nos damos conta do caminho que percorreu até chegar a nossas mãos

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM