Jornal do Commercio
EVOLUÇÃO

Milton Cruz completa um mês à frente do Náutico

O treinador alvirrubro tem um aproveitamento de 53%, com duas vitórias, dois empates e uma derrota

Publicado em 20/03/2017, às 06h42

Milton Cruz conseguiu dar uma nova cara ao time do Náutico / Foto: JC Imagem
Milton Cruz conseguiu dar uma nova cara ao time do Náutico
Foto: JC Imagem
Filipe Farias
Twitter: @_filipefarias

Há exatos 30 dias, o técnico Milton Cruz desembarcava no Recife com um grande desafio: colocar o Náutico nos trilhos. A missão, porém, era árdua. Isso porque o Timbu vinha de quatro derrotas consecutivas e eliminação na Copa do Brasil para o Guarani de Juazeiro. Para piorar, a sequência dos alvirrubros não era nada fácil: Campinense, Santa Cruz, Sport (duas vezes) e Salgueiro, no Sertão.

Contudo, o treinador de 59 anos - 19 deles trabalhando no São Paulo - mostrou toda a sua capacidade de administrar o mau momento do Náutico e reverter a situação. Após o seu primeiro mês de trabalho, Milton obteve 53% de aproveitamento, com duas vitórias, dois empates e uma derrota.

NORDESTÃO

Agora, a missão é conseguir a improvável classificação na Copa do Nordeste. O Náutico encara  o Uniclinic, quarta-feira, às 21h45, no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza. O Timbu terá de golear os cearenses para tirar um saldo de quatro gols em relação ao Santa Cruz, além de torcer por uma derrota do tricolor diante do Campinense, no Arruda.

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.
#PeloCaminhar #PeloCaminhar
Mais do que mobilidade, caminhar também é apropriar-se da cidade. Mas o caminhar está difícil. A mobilidade a pé necessita de uma infraestrutura própria, decente, que eleve o pedestre ao posto maior. Por isso o JC lança a discussão #PeloCaminhar.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM