Jornal do Commercio
DA CASA

Waldemar fala de reforços, mas ressalta trabalho com a base do Náutico

Treinador timbu vem conversando bastante com a garotada após os treinos para passar confiança

Publicado em 16/05/2017, às 12h17

Waldemar Lemos quer os pratas da casa preparados para atuarem pelo Náutico na Série B / Foto: JC Imagem
Waldemar Lemos quer os pratas da casa preparados para atuarem pelo Náutico na Série B
Foto: JC Imagem
Filipe Farias
Twitter: @_filipefarias

Se engana quem pensa que Waldemar Lemos não está de olho no mercado de jogadores. Apesar recém-chegado ao Náutico, o treinador alvirrubro vem mapeando alguns potenciais atletas que podem vir a reforçar o Timbu. Como a Série B é uma competição longa e desgastante, Waldemar sabe que será preciso montar um plantel forte para suportar a maratona de jogos e de viagens.

 

"Temos nos reunido bastante, pois estamos fazendo a avaliação de alguns atletas que temos a possibilidade de trazer para cá. Mas temos de pensar em montar um grupo consciente da situação do clube. Que venha para jogar pelo clube e por essa camisa. Se eu tiver de convencer o jogador vou tentar, mas ele precisa ser envolvido no planejamento e na atual situação do Náutico", falou Waldemar Lemos.

GAROTADA

Enquanto esses nomes não chegam, já que o atual momento do clube é de saídas de jogadores, o comandante alvirrubro sabe que é preciso trabalhar bastante com os garotos que estão integrando o elenco. "O Náutico quer dar o passo que pode dar. Precisamos usar os atletas da base e, na medida do possível, vou trabalhando com eles depois do treino para aprimorar. Sempre procuro fazer esse trabalho especial de conversar com eles a parte e com o restante do grupo. Isso aumenta a confiança dentro de campo", contou o treinador.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Recife em Transformação Recife em Transformação
A cidade e o desafio de traçar o seu futuro
Zika em mil dias Zika em mil dias
Já se passaram quase 2 anos e meio desde que o JC anunciou a explosão de casos de recém-nascidos com microcefalia. Muitas dessas crianças já completaram os seus primeiros mil dias de vida. Famílias e especialistas revelam o que aconteceu nesse período
Logística e inovação Logística e inovação
Você sabe o que é logística? Ela parece invisível, mas está presente no nosso dia a dia, encurtando distâncias. Quando compramos uma maçã no supermercado, muitas vezes não nos damos conta do caminho que percorreu até chegar a nossas mãos

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM