Jornal do Commercio
Mercado

Após deixar o Náutico, Marco Antônio negocia com o Figueirense

Meia de 34 anos pode voltar a vestir a camisa do Figueira

Publicado em 19/05/2017, às 17h47

Marco Antônio pode voltar ao futebol catarinense / JC Imagem
Marco Antônio pode voltar ao futebol catarinense
JC Imagem
Matheus Silva
Especial para o JC

O meia Marco Antônio, ex-Náutico, interessa ao Figueirense, clube que já atuou, e pode acertar com o time catarinense nos próximos dias. O próprio técnico Márcio Goiano falou abertamente sobre a possível chegada do meia em entrevista coletiva e fez elogios ao atleta de 34 anos. "Conheço o Marco Antonio, já foi jogador do Figueirense. A diretoria está tratando a situação, mas é um jogador que pode atuar em qualquer equipe", pontuou.

Desde que se desligou do Náutico, devido a crise financeira do clube, Marco Antônio recebeu algumas sondagens de clubes da Série B e também do Fortaleza, que está na Série C do Brasileiro. De acordo com jornais de Santa Catarina o negócio está lentamente já que o clube fez 14 contratações e agora pretender analisar bem antes de fechar com um novo reforço.



Nos Aflitos

No Timbu o jogador recebia em torno de R$ 90mil, valor que seria um dos maiores na folha salarial do Figueira caso acerte com o clube.  Figueirense e Náutico são assunto também na Série B. Os dois se enfrentam neste sábado, às 16h30, no Orlando Scarpelli, pela segunda rodada da Segundona.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC recall de marcas 2017 JC recall de marcas 2017
Conheça o ranking das marcas que têm conseguido se manter no topo da preferência dos pernambucanos. O rol é resultado de uma pesquisa realizada pelo Instituto Harrop, há duas décadas parceiro do Jornal do Commercio na realização da premiação
10 anos do IJCPM 10 anos do IJCPM
O Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social (IJCPM) comemora 10 anos de história, contribuindo para transformar a vida de jovens de comunidades com histórico de desigualdade social nas cidades de Recife, Salvador, Fortaleza e Aracaju
Chapecoense: um ano de saudade Chapecoense: um ano de saudade
Um ano de saudade. Foi isso que restou. A maior tragédia do esporte mundial, no dia 29 de novembro de 2016, quando houve o acidente aéreo com a delegação da Chapecoense, em Medellín, na Colômbia, fez 71 vítimas. Entre elas, dois pernambucanos

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM