Jornal do Commercio
PONTUAR

Nirley vê com bons olhos um empate do Náutico diante do Figueirense

Zagueiro alvirrubro jogou na equipe catarinense por três temporadas e meia e sabe a dificuldade de jogar no Orlando Scarpelli

Publicado em 19/05/2017, às 17h11

Nirley quer o Náutico pontuando fora de casa para não se distanciar dos primeiros colocados / Foto: Léo Lemos/ Náutico
Nirley quer o Náutico pontuando fora de casa para não se distanciar dos primeiros colocados
Foto: Léo Lemos/ Náutico
Filipe Farias
Twitter: @_filipefarias

Acostumado a jogar no estádio Orlando Scarpelli - onde atuou por três temporadas e meia, de 2013 a 2016 -, o zagueiro Nirley vai se reencontrar com a torcida do Figueirense, mas, agora, na condição de adversário. Apesar de deixado o clube no final do ano passado e vários de seus ex-companheiros também já não estarem no alvinegro catarinense, o defensor acredita que tem muita coisa para passar a respeito do Figueira para que o Náutico consiga um bom resultado fora de casa.

"O Figueirense vem de uma reformulação. Contrataram vários jogadores e fez uma boa estreia na Série B, vencendo o Goiás, fora de casa. É um time muito difícil de jogar contra, ainda mais lá. Jogando em casa, a equipe impõe um ritmo de jogo muito forte. Temos de entrar bem ligados e não dar brecha para eles crescerem, porque a torcida incentiva bastante. É preciso ficar focado os 90 minutos para fazer uma grande partida", comentou Nirley.



PONTUAR FORA

Como a equipe catarinense é um dos fortes concorrentes do Náutico na disputa pelo acesso, um ponto conquistado no Orlando Scarpelli é visto com bons olhos pelos alvirrubros. "A gente tem que pontuar. Não pode se distanciar tanto dos primeiros colocados. Empatamos em casa, então temos que conquistar ponto fora para continuar sempre brigando na parte de cima da tabela", falou.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Educação, emprego e futuro Educação, emprego e futuro
Investir em educação é um pressuposto para o crescimento econômico, a geração de empregos e o aumento da renda. Aos poucos, empresas dos mais variados setores entram numa engrenagem antes formada apenas pelo poder público.
Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM