Jornal do Commercio
PRESSÃO

Técnico admite que vive no Náutico o momento mais difícil da carreira

Waldemar Lemos tem consciência que terá muito trabalho para reverter a situação do Timbu

Publicado em 31/05/2017, às 07h11

Desde que chegou ao Náutico, Waldemar Lemos ainda não conquistou nenhuma vitória / Foto: JC Imagem
Desde que chegou ao Náutico, Waldemar Lemos ainda não conquistou nenhuma vitória
Foto: JC Imagem
Filipe Farias
Twitter: @_filipefarias

 "Talvez seja a situação mais difícil que já vivi na minha vida". Ao fazer essa declaração, o técnico Waldemar Lemos tem consciência de que o momento do Náutico é extremamente preocupante. Nas quatro primeiras rodadas da Série B, o Timbu marcou apenas um ponto e ocupa a 19ª colocação. São três derrotas consecutivas (Figueirense, Ceará e Brasil de Pelotas), pior ataque da competição - nenhum gol feito - e sete gols tomados, sendo a defesa mais vazada.

 

Apesar de esperançoso de dias melhores, o treinador alvirrubro sabe que o processo será longo. "Estamos passando por uma reconstrução, mas vamos reverter. Tenho esperança. Quantas vezes não revertemos ao longo da carreira. Aconteceu comigo aqui mesmo, em 2009 e 2011", lembrou Lemos.



Nesse momento de transformação que o Náutico atravessa, já chegaram ao clube cinco reforços nos últimos dias: Aislan, Amaral, Jeanderson, Jobson e Renan Paulino - os três primeiros já estrearam. Ainda tem o zagueiro Renato Camilo e o meia Júlio Brasília que estão em um período de avaliação. "Hoje eu vi evolução no time. As entradas de Aislan e Jeanderson deram consistência a equipe. Alison, Rodrigo (Souza) e Gerônimo foram bem. Teve o retorno de David à lateral, melhorando a confiança. Agora temos seguir lutando para corrigir as falhas para não sofrer mais gols", falou Waldemar.

FECHAR O GRUPO

Com as dificuldades financeiras do clube, que está refletindo dentro de campo, o comandante timbu está trabalhando para formar um grupo unido. "Os atletas que chegaram ficaram satisfeitos como a foram recebidos. Estou tentando contornar certas coisas dentro do clube para criar um ambiente favorável. Eles estão confiantes e espero que todos que venham possam chegar para trabalhar forte e participar de um grupo bom que estamos montando", explicou.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Hobbit - 80 anos O Hobbit - 80 anos
Como a maioria dos hobbits, Bilbo Bolseiro leva uma vida tranquila até o dia em que recebe uma missão do mago Gandalf. Acompanhado por um grupo de anões, ele parte numa jornada até a Montanha Solitária para libertar o Reino de Erebor do dragão Smaug
Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM