Jornal do Commercio
LANÇAMENTO

Dirigentes do Náutico vão ao lançamento da chapa Resgate Alvirrubro

Emerson Barbosa, Alexandre Homem de Melo e Sérgio Lopes estiveram presentes no evento

Publicado em 27/06/2017, às 21h57

Emerson Barbosa (E) e Sérgio Lopes (D) foram cumprimentar Edno Melo e Diógenes Braga / Foto: Manoela Braga/ divulgação
Emerson Barbosa (E) e Sérgio Lopes (D) foram cumprimentar Edno Melo e Diógenes Braga
Foto: Manoela Braga/ divulgação
Filipe Farias
Twitter: @_filipefarias

A chapa Resgate Alvirrubro, que tem como candidato a presidente do Náutico Edno Melo e a vice-presidente Diógenes Braga, foi lançada oficialmente na noite desta terça-feira. O evento ainda contou com a presença do atual vice-presidente de futebol do Náutico, Emerson Barbosa, do diretor de futebol, Alexandre Homem de Melo, e, também, de Sérgio Lopes - candidato à presidência do clube, pela chapa União Alvirrubra, mas que acabou desistindo.

 

O comparecimento dos três foi a confirmação de que Edno e Diógenes vão, de fato, contribuir com a atual gestão do executivo do Timbu. “No primeiro momento Diógenes vai fazer parte do departamento de futebol e eu vou entrar na parte financeira do clube. Quero saber o que está acontecendo, as folhas salariais que estão atrasadas, o que temos de receita e o que ainda vai entrar. Procurar ter mais conhecimento a fundo dessa parte financeira”, contou Melo, que vai iniciar os trabalhos a partir da próxima segunda-feira.

 

De acordo com os dois candidatos, a intenção não é de chegar e mudar tudo o que já vem sendo feito no clube. “A gestão é a de Ivan Brondi. O que vamos fazer é agregar na gestão e procurar fazer esse processo de transição com contribuição. A ideia não é reformular a estrutura dos departamentos. Ivan é o presidente do clube até 31 de dezembro e o que vamos fazer é entrar nessas duas áreas (financeiro e futebol) com o intuito de contribuição”, comentou Braga.

IVAN BRONDI

Diante da situação inusitada, de ter os candidatos a presidente e a vice-presidente do Náutico trabalhando na atual gestão mesmo sem ele ter se encerrado... E, mesmo depois de eleitos, ficarem sendo subordinados à Ivan Brondi, Edno Melo não enxergou nenhum problema em se reportar ao mandatário do executivo. “Ivan é uma pessoa de fino trato e muito maleável. Acho que não vai ter problema nenhum em conviver com ele. Mesmo subordinado quero agregar valor nesse processo de desenvolvimento. Depois das eleições, o mandato continua sendo de Ivan. O nosso só começa no dia primeiro de janeiro de 2018”, comentou o futuro presidente alvirrubro.

Apesar de recentemente, o atual presidente do Náutico, ter trocado toda a sua diretoria de futebol, Diógenes Braga não teme que Brondi faça isso novamente e, nesse caso, acabe mandando embora até o término de sua gestão os futuros mandatários do clube alvirrubro. “Acho muito difícil que isso aconteça. Não estamos entrando com a ideia de bater de frente com ninguém. A ideia é de contribuição. Temos dois ouvidos e uma boca, então, temos agora que falar o necessário, ouvir muito e trabalhar mais ainda. Acredito que você trabalhando muito, ouvindo muito e falando pouco, a possibilidade de atrito é muito baixa. Temos de dar as mãos e tirar o clube dessa situação”, falou.


Recomendados para você


Comentários

Por Lucas,28/06/2017

Vejam a diferença que já perdura por anos. Lá pras bandas da ilha de lost os dirigentes da atualidade e dos últimos anos são pessoas como Gustavo Dubeux, Luiciano Bivar, João Martorelli, Arnaldo Barros, ou seja, gente de dinheiro e muito prestígio. Por sua vez, o Timba coitado, recentemente teve nomes como Marcos Freitas, Emerson Barbosa, Alexandre de Melo, Ivan Brondi e agora Diógenes Braga e Edno Melo, ou seja, bando de cara liso e com prestígio apenas nos fiteiros. É bronca.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Hobbit - 80 anos O Hobbit - 80 anos
Como a maioria dos hobbits, Bilbo Bolseiro leva uma vida tranquila até o dia em que recebe uma missão do mago Gandalf. Acompanhado por um grupo de anões, ele parte numa jornada até a Montanha Solitária para libertar o Reino de Erebor do dragão Smaug
Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM