Jornal do Commercio
REFORÇAR

Técnico afirma que direção do Náutico segue em busca de reforços

Beto Campos acredita que o elenco alvirrubro ainda precisa ser qualificado

Publicado em 02/07/2017, às 10h37

Técnico ainda não pôde contar com todos os reforços que chegaram / Foto: Léo Lemos/ Náutico
Técnico ainda não pôde contar com todos os reforços que chegaram
Foto: Léo Lemos/ Náutico
Karoline Albuquerque
Blog do Torcedor

 Com o Náutico em situação complicadíssima no Campeonato Brasileiro da Série B, o técnico Beto Campos aguarda a chegada de reforços para o time. O treinador afirma que a diretoria não está medindo esforços para buscar os nomes sugeridos pela comissão técnico dentro do que o Timbu precisa para a competição.

"Nós e a direção não estamos medindo esforços para buscar atletas dentro do que indiciou. Direção buscando jogadores muito pontuais para o que precisa. Está tentando que o quanto antes chegue para poder nos ajudar", disse. Ele relatou a dificuldade, contudo, por ser uma "equipe com derrota em cima de derrota, pressionada", além de pensar também nos valores.



Para o jogo contra o ABC, na terça-feira (4), no Frasqueirão, porém, o técnico acredita que os novos nomes ainda não estarão regularizados. "Tem atletas chegando e eu acho que para o próximo jogo não vão ter condições, então deve manter essa equipe, essa base de jogadores que foram relacionados. Não vai ter nenhum outro no BID (Boletim Informativo Diário) para terça", avaliou.

CHEGARAM

Até agora, o Náutico trouxe para a disputa da Segunda os zagueiros Aislan, Breno Calixto e Léo Carioca, os laterais Jeanderson, Henrique e Léo, os volantes Jobson, Amaral e Renan Paulino, os meias Giovanni, Bruno Mota, Esquerdinha e Matheus da Cunha e os atacantes Vinícius, Gilmar, Iago e Leílson.


Recomendados para você


Comentários

Por Marcelo Magalhães,02/07/2017

Contratar pra quê? O time está fechando, vai ser rebaixado pra terceira, então pra quê reforços? Palhaçada!



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM