Jornal do Commercio
PROMESSA

Promessa alvirrubra, Erick participa da primeira coletiva no Náutico

Atacante vem recebendo sondagens de equipes da Europa

Publicado em 08/07/2017, às 07h31

Erick falou sobre os conselhos que recebe de Gilmar / Léo Lemos/Náutico
Erick falou sobre os conselhos que recebe de Gilmar
Léo Lemos/Náutico
Filipe Farias
Twitter: _filipefarias

Principal destaque do Náutico em 2017, o atacante Erick é o artilheiro do time na temporada com sete gols. Em sua primeira entrevista coletiva como profissional, o garoto de 19 anos falou sobre a sua inspiração no futebol de Neymar, sonho de jogar na seleção e na Europa, primeiro ano no time principal e momento atual da equipe alvirrubra.

TIMIDEZ

Para mim é mais fácil jogar bola do que dar entrevista. Prefiro encarar os zagueiros adversários do que entrar nessa sala de imprensa. Não estou acostumado com isso. Só deu um friozinho na barriga, mas depois passa. Prometo que vou vir mais vezes falar com vocês (repórteres).

PROFISSIONAL

Me adaptei muito bem na equipe profissional. A cada dia aprendo uma coisa nova aqui. Nesse ano passaram vários treinadores (Dado Cavalcanti, Milton Cruz, Waldemar Lemos e Beto Campos) e sempre procurei aprender um pouco com cada um deles.

MUDANÇA

Sem dúvida que mudou muita coisa. No futebol as coisas acontecem muito rápido e eu não esperava que acontecesse dessa forma. As pessoas na rua me reconhecem, pedem para tirar foto comigo e essa é uma sensação boa. Dentro de campo também mudou. Na Copinha jogava mais solto. Me preocupava mais em fazer gol do que marcar. Agora estou tendo nova função e tenho de voltar um pouco mais para ajudar o time.<EL3>

INSPIRAÇÃO

O meu ídolo é o Neymar. Desde que comecei a jogar futebol que já me inspirava nele. Gosto do estilo de jogo dele e procuro fazer o mesmo em campo. Eu tenho um sonho de jogar na Europa e também na seleção brasileira. Mas, sem dúvida, o meu maior sonho é de ser campeão do mundo.



SONDAGENS

Eu não estou sabendo de nenhuma proposta. Deixo essa parte para o meu empresário resolver com a diretoria do Náutico. Estou focado em tirar o Náutico dessa situação.<EL-1.8>

FÍSICO

O Náutico está cuidando da minha parte física. Desde que voltei da Copa São Paulo de Futebol Júnior, eu encorpei cinco quilos. Estão fazendo um tratamento bacana comigo para que possa seguir encorpando.<EL-1.8>

JEJUM

Ainda não fiz gol na Série B, mas procuro trabalhar forte e pensar no coletivo. Essa fase um dia vai passar e estou trabalhando pra isso. Contra o CRB, quando fiz aquele golaço, chutei aquela bola e só escutei a torcida gritando. Corri para o abraço e só depois vi que o bandeirinha tinha anulado o meu gol. Sacanagem. Ia tirar essa mazela que estou passando na Série B.

NÁUTICO

O momento do Náutico não é bom. Nessa hora temos de estar todos juntos. Levar cada jogo como uma final. Tenho certeza que quando o grupo se fechar de vez vamos sair dessa situação.

GILMAR

Gilmar (seu companheiro de ataque) é um cara experiente, passou aqui no Náutico antes e se tornou um ídolo. Procuro escutar ele da melhor forma possível. Toda experiência que ele passa pra mim fico muito grato e a cada dia aprendo mais com ele.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Hobbit - 80 anos O Hobbit - 80 anos
Como a maioria dos hobbits, Bilbo Bolseiro leva uma vida tranquila até o dia em que recebe uma missão do mago Gandalf. Acompanhado por um grupo de anões, ele parte numa jornada até a Montanha Solitária para libertar o Reino de Erebor do dragão Smaug
Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM