Jornal do Commercio
Timbu

Diógenes Braga vai comandar o futebol do Náutico no biênio 2018-2019

O futuro presidente do Náutico, Edno Melo, deu carta branca para Diógenes Braga comandar o departamento de futebol

Publicado em 16/07/2017, às 10h01

Diógenes Braga foi diretor de futebol do Náutico em 2015. / Foto: Davi Saboya/JC
Diógenes Braga foi diretor de futebol do Náutico em 2015.
Foto: Davi Saboya/JC
Davi Saboya
Twitter: @davisaboya

A união entre Edno Melo e Diógenes Braga começou muito antes deles se encontrarem nos bastidores do Náutico. Membros do Deliberativo, os dois se conheceram quando eram universitários. Depois de perderem a última eleição para o Executivo pela chapa Vermelho de Luta Branco de Paz, trabalharam juntos nos últimos meses no Conselho. Com a antecipação da eleição, foi uma junção natural. “O pensamento que ele (Edno Melo) tem de gestão é muito igual ao meu”, explicou Braga.

Além da vice-presidência executiva, Diógenes irá comandar o departamento de futebol. Local em que ele trabalhou como diretor em 2015 na gestão do ex-presidente Glauber Vasconcelos. “Trago as experiências dos erros e acertos da primeira vez em que estive no futebol. Uma vivência que traz muitas informações e o fato de ter presidido a comissão do futebol no Conselho também traz o olhar do departamento de futebol de fora, de uma situação mais analítica. É uma junção de tudo isso, de todo o conhecimento até agora. A minha ideia não é ter um salvador da pátria. É ter um coletivo, comandar um grupo e não fazer sozinho personificando o processo”, declarou o vice de Edno Melo.



O futuro vice-presidente de futebol do Náutico, Diógenes Braga, definiu que vai montar uma diretoria para o departamento. No entanto, ainda não sabe o número de integrantes. Por ainda ter mais de cinco meses e fazer parte da atual gestão como diretor de futebol em um período de transição, ele acredita que não é o momento. “A ideia é que eu esteja coordenando uma diretoria com outros nomes. Na minha visão, as decisões precisam ser coletivas. Parto dessa premissa. Se for necessário tomar uma atitude, acho que o comandante precisa fazer isso. Mas, penso que o coletivo vale mais que o individual. As decisões sendo bem debatidas, discutidas, faz com que não seja necessário do voto de minerva”, revelou Diógenes, que ainda está estudando a estrutura do futebol para os dois próximos anos.

PLANEJAMENTO

Nas últimas temporadas, o Náutico tem sofrido com a grande rotatividade de técnicos e jogadores. Um acumulo de curtos planejamentos e insucessos. Para evitar os erros, Diógenes Braga enxerga que uma gestão com austeridade, comprometimento, critério e preparação é o caminho para diminuir as falhas e alcançar os objetivos. “O processo no futebol não é repetitivo. Não é uma receita de bolo na minha visão. A repetição do erro pode não acontecer. É preciso ficar atento aos fatos para tomar as decisões adequadas. Nada se repete. É preciso entender o processo, ficar atento, para prevenir, remediar as situações e diminuir os riscos”, finalizou.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM