Jornal do Commercio
POSSIBILIDADE

Náutico: Diógenes Braga diz que pensa em contratar diretor remunerado

Novo vice-presidente de futebol alvirrubro não garante que diretor executivo será contratado nesse momento

Publicado em 31/08/2017, às 18h14

Diógenes Braga diz que não tem pressa de formar a nova diretoria de futebol do Náutico / Foto: Léo Lemos/ Náutico
Diógenes Braga diz que não tem pressa de formar a nova diretoria de futebol do Náutico
Foto: Léo Lemos/ Náutico
Filipe Farias
Twitter: @_filipefarias

Nos seus primeiros dias como vice-presidente de futebol do Náutico, Diógenes Braga, aos poucos, já vai revelando algumas coisas que pretende implementar no departamento de futebol alvirrubro. Um dos pontos que ele está analisando é a contratação de um diretor remunerado.

“Eu cheguei a conversar com as pessoas de que me agrada a ideia de termos um diretor remunerado. Alguém que tenha dedicação exclusiva ao clube. Mas foram conversas informais. É possível que eu venha a implementar, sim, mas não significa que seja implementado agora”, revelou Braga.



SEM PRESSA

Com as saídas de Emerson Barbosa, Alexandre Homem de Melo e Zeca Cavalcanti, Diógenes está analisando qual será a composição da diretoria de futebol para o restante da temporada. Porém, ele garante que não tem pressa para anunciar os nomes.

"Não tenho a pretensão de de correr para montar a diretoria. Sinceramente, não é uma prioridade. A minha ideia é muito mais o processo do que nomes. Acho que é muito mais ter a preocupação de não comprometer o processo dentro de campo. Temos uma tarefa muito difícil, mas que vem se tornando possível a cada dia e a gente tem que focar para que essa tarefa realmente aconteça", explicou Diógenes.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores
#ACulpaNãoÉDelas #ACulpaNãoÉDelas
Histórias de mulheres que passaram anos sendo agredidas por seus parceiros e, com medo, permaneceram em silêncio. Essa série de reportagem discute novos olhares no enfrentamento às agressões contra a mulher, até porque a culpa não é delas

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM