Jornal do Commercio
CUIDADO

Náutico: Roberto Fernandes diz que tem de utilizar William com cautela

Após perder Rafael Oliveira, Vinícius e Gilmar, técnico alvirrubro não quer ficar sem mais um centroavante

Publicado em 13/10/2017, às 07h03

William já teve duas lesões desde que chegou ao Náutico / Foto: Léo Lemos/ Náutico
William já teve duas lesões desde que chegou ao Náutico
Foto: Léo Lemos/ Náutico
Filipe Farias
Twitter: @_filipefarias

Umas das principais contratações do Náutico nessa reta final de Série B, o centroavante William ainda não correspondeu à expectativa. Desde a sua chegada, no início do mês de agosto, o Timbu entrou em campo em 10 oportunidades, mas o veterano atacante de 34 anos só disputou apenas quatro partidas. O motivo para ficar ausente de tantos compromissos foram as seguidas lesões musculares - ocasionadas por não ter feito uma pré-temporada e ter chegado acima do peso por ter ficado parado por dois meses antes de ter sido contratado pela diretoria alvirrubra.

"A questão do William é a seguinte: ele é um excelente profissional, que vai nos ajudar bastante com sua experiência, aconselhando os mais jovens, mas tudo na vida tem um preço. Ele não fez uma pré-temporada e quando acertou com o Náutico estava numa inatividade grande. Juntando isso tudo, com a idade dele, será o peso que ele vai ter de carregar. Se jogar essa sequência de três jogos que vamos ter em sete dias (sábado - terça - sexta), ele vai lesionar", declarou Roberto Fernandes.



CAUTELA

A intenção do treinador alvirrubro é procurar dosar as entradas de William, principalmente porque ele perdeu três centroavantes para o restante da temporada - Rafael Oliveira, Vinícius e Gilmar. "Se Willian tivesse com sua capacidade física boa, a nove e a faixa de capitão seriam dele. Queremos que ele dê o máximo nesses 10 últimos jogos, mas, talvez, esse máximo não seja nos 10. Se ele sofrer uma terceira lesão perderemos ele nos últimos jogos e teremos de disputar o restante da Segundona só com atacantes de beirada", alertou Roberto.

 


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Prêmio ISS Recife Prêmio ISS Recife
Principal item da receita própria dos municípios, o Imposto Sobre Serviços (ISS) entra no cofre das prefeituras tanto para custear despesas quanto para viabilizar investimentos nas cidades.
#ConexãoPelaVida #ConexãoPelaVida
Há quase dois séculos, o Real Hospital Português mantém a sua atenção voltada para o bem-estar dos pacientes. Conheça um pouco mais sobre a instituição médica que aos 162 não para de se modernizar
Agreste Empreendedor Agreste Empreendedor
O Agreste pernambucano é a região que mais cresce em Pernambuco. E, por incrível que pareça, a força motriz que puxou esse desenvolvimento foi o empreendedorismo.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM