Jornal do Commercio
OPORTUNIDADE

Busatto quer aproveitar chance para garantir renovação com o Náutico

Goleiro alvirrubro vai ser o titular nas três últimas rodadas, já que Jefferson teve férias antecipadas

Publicado em 13/11/2017, às 18h06

Busatto vai estrear com a camisa do Náutico diante do Criciúma / Foto: Léo Lemos/ Náutico
Busatto vai estrear com a camisa do Náutico diante do Criciúma
Foto: Léo Lemos/ Náutico
Filipe Farias
Twitter: @_filipefarias

Desde que foi contratado pelo Náutico, em setembro, o goleiro Busatto ainda não teve a oportunidade de estrear com a camisa alvirrubra. Foram dez partidas amargando o banco de reservas. Mas essa espera acabou. Com a antecipação das férias de Jefferson, o arqueiro de 27 anos fará a sua primeira partida pelo Timbu hoje diante do Criciúma.

Chance de mostrar o seu trabalho, ser observado pela comissão-técnica e diretoria e, quem sabe, garantir um novo contrato para a próxima temporada. “Sei que o momento de entrar não é oportuno (com o Náutico já rebaixado), mas espero agarrar essa oportunidade de jogar. A primeira de muitas”, comentou Busatto, que preferiu ser comedido na hora de pensar no seu futuro. “O meu pensamento em si está nessa chance que recebi. Mas tenho consciência que serei avaliado e, se gostarem do meu desempenho, espero ficar no próximo ano. Procuro fazer o meu trabalho bem feito e que amanhã (terça) possa ser um grande dia”, desejou o goleiro timbu.



O confronto contra o Criciúma não será o único que Busatto terá para deixar uma boa impressão aos alvirrubros. O técnico Roberto Fernandes já adiantou que ele será o titular diante de Vila Nova e Luverdense. “Assim como Busatto tem outros jogadores que serão utilizados e que se enquadram nessa mesma linha. Entrar e aproveitar essas partidas que restam para mostrar serviço. É assim que funciona no futebol”, falou o treinador.

HISTÓRICO

Natural da cidade de Arrio do Tigre, no Rio Grande do Sul, Busatto foi revelado nas categorias de base do Grêmio. Antes de chegar ao Náutico, o atleta estava no futebol polonês. No Brasil, além do tricolor gaúcho, o goleiro defendeu ASA, Icasa, América-RN, Atlético-GO e Aparecidense.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores
#ACulpaNãoÉDelas #ACulpaNãoÉDelas
Histórias de mulheres que passaram anos sendo agredidas por seus parceiros e, com medo, permaneceram em silêncio. Essa série de reportagem discute novos olhares no enfrentamento às agressões contra a mulher, até porque a culpa não é delas

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM