Jornal do Commercio
Timbu

'Eles que fizeram essa barca todinha aí', diz presidente eleito do Náutico

Dirigente atribuiu responsabilidade da antiga diretoria na montagem do elenco do Náutico após problemas com o técnico Roberto Fernandes serem revelados

Publicado em 14/11/2017, às 21h53

Edno Melo preferiu não se pronunciar sobre os problemas entre o elenco do Náutico e Roberto Fernandes / André Nery/Acervo JC
Edno Melo preferiu não se pronunciar sobre os problemas entre o elenco do Náutico e Roberto Fernandes
André Nery/Acervo JC
Heitor Nery
hnery@jc.com.br

Perguntado sobre a fala do técnico Roberto Fernandes após a saída de campo no empate em 0x0 contra o Criciúma, quando afirmou que presenciou mais de um jogador do Náutico se apresentando embriagado aos treinos, o futuro presidente do Náutico, Edno Melo, decidiu não se pronunciar. O dirigente preferiu colocar a culpa na antiga direção do Timbu, responsável por montar o elenco alvirrubro para a Série B do Brasileirão.

>>> Técnico do Náutico: 'Mais de um jogador que se apresentou embriagado'
>>> Rebaixado, Náutico empata com Criciúma fora de casa
>>> Náutico: ''O elenco não gosta de Roberto Fernandes'', diz William

"Ligue para Alexandre Homem de Melo e Emerson Barbosa. Eles que fizeram essa barca todinha aí", declarou o Edno Melo.

"Elenco alvirrubro não gosta de Roberto Fernandes"

Os problemas de relacionamento entre o elenco do Náutico e o seu treinador foram revelados nesta terça-feira (14). Em entrevista ao Jornal do Commercio, o atacante William declarou que o elenco alvirrubro "não gosta de Roberto Fernandes".



Na saída de campo, em entrevista à Rádio Jornal, Roberto respondeu à declaração e apontou alguns problemas encontrados entre os jogadores do Timbu.

"Tive mais de um jogador que se apresentou embriagado. Tive mais de um jogador que se apresentou para trabalhar sem a menor condição física. Tive jogador que abandonou o grupo e depois voltou. Tive jogador que não foi treinar e mandou mensagem dizendo que só iria trabalhar se recebesse", afirmou o comandante alvirrubro.


Palavras-chave

Recomendados para você


Comentários

Por Marcelo Magalhães,15/11/2017

Clube à beira da falência, cada um jogando a culpa no outro; sem crédito, sem time, sem torcida, devendo FGTS, INSS, salários atrasados... Continuar pra quê?

Por Lucas,15/11/2017

Jogador não manda no Náutico.pertence a torcida ,diretoria.por isso que o Sport estar assim lascado.quem manda são os jogadores.e vejam que paga salários em dias.este treinador é cabra macho ,nordestino.Náutico,tem que montar um elenco com jogadores da região do nordeste.e formar do clube uma empresa.trabalhador que não produz é demitido e acabou o mimimimi!



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores
#ACulpaNãoÉDelas #ACulpaNãoÉDelas
Histórias de mulheres que passaram anos sendo agredidas por seus parceiros e, com medo, permaneceram em silêncio. Essa série de reportagem discute novos olhares no enfrentamento às agressões contra a mulher, até porque a culpa não é delas

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM