Jornal do Commercio
Timbu

Atacante do Náutico pode deixar time por divergência salarial

Jogador espera receber mais do que o valor que o clube pode pagar para a próxima temporada

Publicado em 07/12/2017, às 10h18

Jefferson Nem tem pretensões que não cabem no 'bolso' do Náutico / André Nery/Arquivo JC
Jefferson Nem tem pretensões que não cabem no 'bolso' do Náutico
André Nery/Arquivo JC
Maria Lua Ribeiro

O atacante Náutico Jefferson Nem pode ser negociado nos próximos dias por incompatibilidade de salário ao do elenco que a gestão prometeu formar para a próxima temporada. O lateral-esquerdo Ávila também é outro jogador que tem contrato ainda em vigência com o Timbu, mas não deve permanecer no clube. O Náutico está diminuindo a folha salarial para manter a realidade financeira do time.

Por outro lado, o volante Helder Ribeiro, que estava emprestado na Croácia, volta para o Alvirrubro do Recife, mas deve ser emprestado novamente, dessa vez para o Boa Esporte, aonde disputará o Campeonato Mineiro e a Série B. O lateral-direito Joazi, que também tem contrato com o Náutico, deverá ser emprestado da mesma forma que Helder, mas ainda não informações oficiais sobre o destino do atleta.



A diretoria juntamente à comissão técnica está se reunindo diariamente para montar o elenco já para iniciar a pré-temporada e enfrentar o Itabaiana-PB, primeiro adversário do Timbu em 2018, na fase seletiva do Nordestão. O oponente começou a sua pré-temporada nesta semana, enquanto o Náutico apresenta a sua equipe daqui a uma semana no CT Wilson Campos. A posição do clube no ranking da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) possibilitou que ele se garantisse na disputa da Copa do Brasil.

Leia mais no Blog do Torcedor


Palavras-chave

Recomendados para você


Comentários

Por O Informante,07/12/2017

É incrível como se manipula futebol , hoje em dia,desculpas ridículas e domínio da mídia, técnico pífio clube ridículo , e jogadores comprometidos com o esquemão do futebol brasileiro .kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, 07/12/17 14:16 hs



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM