Jornal do Commercio
Esperança

Situação complicada na Copa do Nordeste não assusta Náutico

'Pé no chão porque ainda temos jogos em casa', afirmou técnico do Timbu

Publicado em 09/02/2018, às 15h58

Náutico / Guga Matos/JC Imagem
Náutico
Guga Matos/JC Imagem
Diego Toscano
Twitter: @diegotoscanoo

Ainda sem vencer na Copa do Nordeste 2018, o Náutico já começa a ser pressionado para reagir na competição regional. Após a derrota no confronto direto ante o Botafogo-PB, o técnico Roberto Fernandes admitiu que a situação alvirrubro ficou mais complicada no Nordestão. Mas que o time não está eliminado do torneio.

"Vamos pra frente, complicou um pouco a nossa situação. Não por essa derrota, mas pelo empate em casa (2x2 contra o Altos-PI). Pé no chão porque ainda temos mais dois jogos em casa. Se nós conseguimos vence as duas, diante o próprio Botafogo-PB e contra o Bahia, a gente chega a sete pontos. Com nove, seguramente você consegue brigar pela classificação. E ainda temos fora de casa o Bahia e a equipe que tirou dois pontos da gente em casa (Altos). Por que não podemos ir lá e tirar dois ou três pontos deles?", afirmou o técnico do Náutico.



Para Roberto Fernandes, os tropeços podem acontecer. E deu como exemplo o time maranhense que está junto com ele no Grupo C da Copa do Nordeste. "Lembrando que o Altos, quando empatou com o Náutico, ficou todo mundo perguntando como se empata com eles. Aí eles chegam no meio desta semana e eliminam o Atlético-GO na Copa do Brasil. Uma equipe de Série B que estava na Série A. Não tem mais bobo no futebol nem jogo fácil. É tudo complicado. Lamento muito a derrota, mas eu vi na partida de hoje (contra o Botafogo-PB) muito mais coisas boas dos meus atletas do que erros a corrigir", finalizou o técnico.

TABELA

Com a derrota para o Botafogo-PB no Almeidão, o Náutico agora ocupa a penúltima posição no Grupo C da Copa do Nordeste, na frente do Altos-PI pelo saldo de gols: (-1 x -2). Após duas rodadas, o Belo tem a liderança da chave, com seis pontos e 100% de aproveitamento. O vice-líder é o Bahia, com três. O Timbu ainda tem mais quatro jogos: enfrenta o Tricolor de Aço duas vezes (22/2, na Fonte Nova, e 10/3, na Arena), além de pegar novamente o time paraibano (22/3, em casa) e a equipe maranhense (27/3, fora).


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM