Jornal do Commercio
SEQUÊNCIA

Negretti acredita que ritmo de jogo pode favorecer o Náutico

O time alvirrubro já entrou em campo em 11 partidas na temporada 2018

Publicado em 12/02/2018, às 12h03

Negretti está confiante na classificação do Náutico na Copa do Brasil / Foto: Diego Nigro/ JC Imagem
Negretti está confiante na classificação do Náutico na Copa do Brasil
Foto: Diego Nigro/ JC Imagem
JC Online

Umas das equipes que mais entraram em campo no Brasil nesse início de temporada (11 jogos), o Náutico tem mais uma decisão pela frente. Desta vez, o Timbu vai encarar o Fluminense de Feira de Santana, pela segunda fase da Copa do Brasil, quarta-feira (14), às 21h30, no estádio Joia da Princesa, no interior da Bahia.

"Esses dias que tivemos de folga deu pra descansar um pouco. Também tivemos alguns dias pra treinar alguns aspectos. Vamos focados para Feira de Santana pra fazer um grande jogo e buscar essa classificação. É preciso entrar ligado e focado para atingir essa meta que é importante para o clube e para nós jogadores também", comentou Negretti, que ainda ressaltou a maratona de jogos do Timbu. "Já vamos para o 12 jogo na temporada. Acho que que somos a equipe que mais jogou no Brasil em 2018. Mas isso vai nos ajudar porque estamos com mais ritmo de jogo que eles (Fluminense de Feira)", enfatizou.



Para que essa pequena vantagem possa prevalecer em campo, o volante alvirrubro sabe que também será preciso superação para que o Náutico siga na competição nacional e, de quebra, embolse uma boa quantia financeira. "Esse jogo é atípico. Os dois times precisam vencer pois o empate vai para os pênaltis. Acredito que vai ser um grande jogo e tenho certeza que vamos conseguir o nosso objetivo", contou.

OBJETIVO

O Náutico precisa vencer o Fluminense de Feira de Santana caso queria seguir na Copa do Brasil - partida única. Em caso de derrota, o Timbu será eliminado. Se for empate, a decisão será nos pênaltis.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM