Jornal do Commercio
Copa do Brasil

Mesmo com vantagem, missão do Náutico é não ser passivo ante o Cuiabá

Roberto Fernandes não quer que pressão exercida pelo Bahia seja repetida em Cuiabá

Publicado em 12/03/2018, às 18h01

"Não dá pra gente aceitar tanto a imposição do adversário", afirmou o treinador
Diego Nigro/JC Imagem
Diego Toscano
Twitter: @diegotoscanoo

A vitória contra o Bahia foi muito comemorada pelo técnico Roberto Fernandes, mas também tirou lições para o duelo ante o Cuiabá, pela Copa do Brasil. Para o treinador, dá confiança saber que a defesa segurou a pressão do Tricolor de Aço. Porém, o treinador não quer o time apenas se defendendo no Mato Grosso.

"Náutico mais do que nunca tem que fazer um jogo equilibrado. Acho que suportar a pressão do Bahia é um ponto importante, dá confiança ao grupo de ter conquistado a vitória mesmo com toda a pressão. Mas também deixa lições de que não dá pra gente aceitar tanto a imposição do adversário. Devo ter alguma alteração em relação a isso, talvez até uma equipe um pouquinho mais avançada para que a gente vá para Cuiabá não só ver o oponente jogar", afirmou o treinador.



VANTAGEM

Como venceu o jogo de ida por 2x1, o clube alvirrubro precisa apenas de um empate no Mato Grosso para avançar na Copa do Brasil. Porém, para Robert, a vantagem não pode entrar em campo com o Timbu desde o início. "O Náutico precisa aproveitar (a vantagem) lá e jogar. Você tem que pensar nisso de empate faltando cinco minutos para acabar o jogo. Fora disso, temos que ir para lá pensando em vitória também", finalizou.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM