Jornal do Commercio
Desafio

Joanna Maranhão fica em quarto no Nacional de maratona aquática

Foi apenas a segunda prova de travessia marítima da pernambucana

Publicado em 20/03/2017, às 08h36

Joanna comemora ao lado dos atletas de sua equipe, a Unisanta / Reprodução/Instagram
Joanna comemora ao lado dos atletas de sua equipe, a Unisanta
Reprodução/Instagram
LUANA PONSONI

 A pernambucana Joanna Maranhão, de 29 anos, foi um dos destaques da primeira etapa da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro de maratona aquática. Especialista em provas de fundo da natação, a nadadora da Unisanta conquistou o quarto lugar entre os 300 atletas inscritos. Foi apenas a segunda prova do estilo disputada por Joanna, que é especialista em provas de fundo da natação. O bom resultado foi obtido no mar de Trapiche dos Pescadores, praia de Porto Belo, em Santa Catarina. 

Joanna fez a primeira travessia marítima quando tinha nove anos, em Alagoas. Apesar de ser praticamente estreante no estilo, ela não se intimidou e se manteve no pelotão principal durante toda a prova, disputada em um circuito de 5km. “Foi uma honra nadar ao lado das melhores maratonistas do Brasil, é sem dúvida uma memória válida do álbum das experiências aquáticas. Obrigada pela oportunidade e desculpem essa jovem anciã estreante atrapalhando a prova de vocês”, escreveu a pernambucana, no seu perfil no Instagram.

CAMPEÃ

A vencedora da prova feminina foi Ana Marcela Cunha, com o tempo de 1 hora e 53 segundos. O tempo de Joanna e demais participantes ainda não consta no relatório de resultados da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA). 

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Hobbit - 80 anos O Hobbit - 80 anos
Como a maioria dos hobbits, Bilbo Bolseiro leva uma vida tranquila até o dia em que recebe uma missão do mago Gandalf. Acompanhado por um grupo de anões, ele parte numa jornada até a Montanha Solitária para libertar o Reino de Erebor do dragão Smaug
Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM