Jornal do Commercio
atletismo

Usain Bolt perde ouro olímpico no 4x100m e Brasil herda bronze

O jamaicano Usain Bolt foi prejudicado pelo colega de equipe de revezamento Nesta Carte, flagrado no teste antidoping

Publicado em 25/01/2017, às 11h26

Com punição, Bolt fica apenas com oito ouros olímpicos / AFP
Com punição, Bolt fica apenas com oito ouros olímpicos
AFP
Gabriela Máxima

O atleta jamaicano Nesta Carter foi pego no teste antidoping na Olimpíada de Pequim-2008 nesta quarta-feira. Ele disputou a final do revezamento 4x100m rasos e prejudica a equipe de seu país, que contava com Asafa Powell, Michael Frater e o astro Usain Bolt. Bolt, inclusive, perdeu uma de suas medalhas de ouro, ficando agora com oito triunfos olímpicos e não mais com o "triplo-triplo". 

Equipe campeã do revezamento 4x100m em Pequim-2008. Foto: AFP

Nesta foi pego no teste com a substância proibida de dimetilamilamina, que é usada como congestionante nasal. 

BRASIL

Quem se deu bem com a notícia foi o atletismo brasileiro. Usain Bolt perderá um ouro, mas a equipe nacional do revezamento 4x100m herdará a medalha de bronze.  

 

Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM