Jornal do Commercio
SALTO COM VARA

Thiago Braz supera rival Lavillenie, mas leva só o bronze na França

Brasileiro Thiago Braz saltou

Publicado em 05/02/2017, às 17h47

Thiago Braz não repetiu o mesmo desempenho da Rio-2016 e ficou com o bronze / AFP
Thiago Braz não repetiu o mesmo desempenho da Rio-2016 e ficou com o bronze
AFP
Estadão Conteúdo

O brasileiro Thiago Braz, medalhista de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio, conquistou neste domingo o bronze no Meeting Indoor de Clermont-Ferrand, na França, com a marca de 5,71 metros. O canadense Shawnace Barber, campeão mundial há dois anos em Pequim, ficou com a medalha de ouro ao acertar um salto de 5,83m, na terceira tentativa, depois de passar 5,78m na primeira.

Barber foi o único atleta a superar o sarrafo acima dos 5,71m neste domingo. Todos os outros seis atletas estacionaram nesta altura e as colocações foram definidas pelos critérios de desempate.

Principal rival de Thiago Braz na final olímpica da prova, o francês Renaud Lavillenie ficou na quinta posição. Ele é recordista mundial indoor com a marca de 6,16m e foi o organizador do torneio em Clermont-Ferrand.

RESTO DO PÓDIO

A medalha de prata foi para o polonês Piotr Lysek, que no sábado venceu o Meeting de Potsdam na Alemanha, com a melhor marca da temporada: 6,00m. Já o grego Konstadinos Felipídis, ouro no Mundial de Indoor de Sopot em 2015, na Polônia, foi o quarto colocado.

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM