Jornal do Commercio
atletismo

Após caso com Usain Bolt no Rio-2016, estudante ganha R$ 400 mil

Usain Bolt aproveitou temporada no Rio e namorou estudante carioca. Fotos íntimas do casal vazaram na internet, mas ele nunca comentou o episódio

Publicado em 17/02/2017, às 08h31

Fotos de Bolt e estudante viralizaram na internet  / Reprodução/Internet
Fotos de Bolt e estudante viralizaram na internet
Reprodução/Internet
JC Online

A estudante que ficou famosa após sua com foto com Usain Bolt viralizar na internet revelou que organizou sua vida financeira. Jady Duarte e o campeão olímpico tiveram um caso durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, e fotos íntimas do casal vazaram dias depois da noite que passaram juntos. Jady aproveitou sua fama para juntar dinheiro e investir em imóveis. 

Ela contou que reuniu cerca de R$ 400 mil, resultado de entrevistas que concedeu e da participação em um reality show da França. Comprou apartamentos e os disponibilizou para aluguel no Rio de Janeiro. Hoje, ela recebe cerca de R$ 5 mil por mês e garante que a vida está confortável.

USAIN BOLT

Nos Jogos do Rio de Janeiro, Usain Bolt conquistou três medalhas de ouro: nos 100m, 200m e no revezamento 4x100m. Foi um dos destaques da Olimpíada brasileira. Quando voltou para casa, ele pediu sua namorada Kasi Bennet em casamento. Apesar de as fotos com Jady viralizarem, Bolt nunca comentou o episódio. 

Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Educação, emprego e futuro Educação, emprego e futuro
Investir em educação é um pressuposto para o crescimento econômico, a geração de empregos e o aumento da renda. Aos poucos, empresas dos mais variados setores entram numa engrenagem antes formada apenas pelo poder público.
Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM