Jornal do Commercio
tênis

Recife recebe os melhores do mundo no tênis escolar

A partir desta segunda-feira, Recife será palco do Mundial de Tênis Escolar, que reunirá 300 atletas de 13 países

Publicado em 12/03/2017, às 19h45

Nos próximos dias, Recife terá os melhores tenistas do mundo / Divulgação
Nos próximos dias, Recife terá os melhores tenistas do mundo
Divulgação
JC Online

A partir de segunda-feira, as quadras do Squash Tênis Center e Recife Tênis Clube vão receber os melhores tenistas escolares do mundo. Isso porque, a capital pernambucana receberá até o próximo domingo a nona edição do Mundial Escolar da modalidade, que pela primeira vez aporta em em uma capital da América. No total, 300 competidores de 13 países tentarão o título em suas respectivas categorias. 

“Estamos muito felizes em realizar esse torneio internacional com caráter pioneiro aqui na capital. O Mundial Escolar é um evento grandioso e os organizadores ficaram bastante satisfeitos com nossa infraestrutura, que já recebe importantes competições do calendário nacional. Tenho certeza que teremos ótimos confrontos em solo pernambucano”, comentou o secretário de turismo, esporte e lazer de Pernambuco, Felipe Carreras.

A cerimônia de abertura será realizada na segunda-feira, quando também acontecerão as primeiras rodadas das competições. No total, 14 quadras receberão mais de 50 partidas, sendo oito delas no Squash Tênis Center, em Boa Viagem, e mais seis nos equipamentos do Recife Tênis Clube, no Ipsep, todas de saibro. 

COMPETIÇÃO

A competição não começou, mas os currículos dos concorrentes apresentam alguns dos favoritos no Recife. No masculino está o atual campeão, a Inglaterra, seguidos de China Taipei e Turquia. No feminino, o vice-campeão Turquia e o terceiro lugar, Alemanha, também estão confirmados. 

O tênis escolar do Brasil ainda busca seu espaço. Atualmente, o melhor do ranking ocupou o 14º lugar no último Mundial, que aconteceu em 2015, no Catar. A competição recifense receberá atletas entre 14 e 18 anos de 13 países. São eles: Itália, Inglaterra, Bélgica DG, Bélgica FL, Alemanha, China, Taipei, Nova Zelândia, França, Turquia, Escócia, Chile, além do Brasil.

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.
#PeloCaminhar #PeloCaminhar
Mais do que mobilidade, caminhar também é apropriar-se da cidade. Mas o caminhar está difícil. A mobilidade a pé necessita de uma infraestrutura própria, decente, que eleve o pedestre ao posto maior. Por isso o JC lança a discussão #PeloCaminhar.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM