Jornal do Commercio
GRD

Pernambuco é o único estado que não tem um centro de treinamento para a ginástica

Estrutura deve ficar à disposição das atletas estaduais após a reforma do Centro Esportivo Santos Dumont

Publicado em 19/03/2017, às 08h29

Modalidade está avançando no Brasil / Alexandre Gondim/JC Imagem
Modalidade está avançando no Brasil
Alexandre Gondim/JC Imagem
LUANA PONSONI

Enquanto a ginástica rítmica experimenta um crescimento no País, após a boa apresentação do Brasil na Rio-2016, em Pernambuco, a modalidade apenas subsiste. Vive do trabalho de técnicos e do apoio irrestrito dos pais das atletas. Ainda assim, alguns talentos, como a campeã nacional Camila Riff, são formados.

De acordo com a presidente da Federação Pernambucana de Ginástica, Fátima Coelho, o grande problema para o crescimento da modalidade no Estado é a falta de estrutura para o trabalho em alto rendimento. “Pernambuco é o único Estado do Nordeste que não tem um local específico para o treinamento de ginástica. Até João Pessoa já tem. O governo e a prefeitura precisam viabilizar isso. Nós não temos nada. Temos, sim, técnicos capacitados e atletas com talento”, desabafou. 

JUSTIFICATIVA

Em nota, a Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco apontou as soluções para o problema. “Está prevista a construção de um espaço para a ginástica no projeto de reforma do Santos Dumont, que deve ter ordem de serviço estabelecida em abril. Outra possibilidade é através da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte. Entre mais de 70 projetos no edital de 2016/2017, nenhum foi apresentado pela federação da respectiva modalidade.”

Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Mundo de Rafa O Mundo de Rafa
Rafael foi diagnosticado com síndrome de Asperger apenas aos 11 anos. Seus desenhos contam pedaços muito importantes da sua história. Exprimem momentos de alegria, de comemoração e também de desabafo, de dor
Gastos dos parlamentares pernambucanos Gastos dos parlamentares pernambucanos
Os deputados federais da bancada pernambucana gastaram, no 1º semestre deste ano, R$ 5,1 milhões em verbas de cotas parlamentares. Já os senadores gastaram R$ 692 mil. Os dados foram coletados com base no portal da transparência da Câmara e do Senado
Um metrô ainda renegado Um metrô ainda renegado
São 32 anos de operação e uma eterna luta por sobrevivência. Esse é o metrô do Recife

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM