Jornal do Commercio
Tênis

Brasil tem rotina modificada para encarar a altitude do Equador na Copa Davis

O Zonal Americano I da competição começa nesta sexta-feira (7) e vai até o domingo (9)

Publicado em 06/04/2017, às 08h00

Bruno Soares é um dos integrantes da equipe brasileira que vai jogar no Equador / AFP
Bruno Soares é um dos integrantes da equipe brasileira que vai jogar no Equador
AFP
Luana Ponsoni

Concentrados desde o último domingo (2), na cidade de Ambato, no Equador, a equipe de tênis do Brasil está cumprindo uma agenda diferenciada de treinos técnicos e físicos na preparação para o Zonal Americano I da Copa Davis. A estratégia montada é justamente para fazer uma adaptação à altitude de 2.500 metros do local do confronto. A competição começa nesta sexta-feira (7) e vai até o domingo (9).

“Estamos nos preparando de uma forma um pouco diferente, jogar tão acima do nível do mar nunca é algo que os jogadores estejam acostumados e exige uma preparação específica para esta condição”, disse João Zwetsch, capitão da equipe brasileira. O pessoal está respondendo muito bem e apesar das dificuldades de se jogar com essa altitude, todos estarão preparados até sexta-feira para o confronto”, completou o capitão.

 Os treinamentos em quadras estão ocorrendo em dois turnos: pela manhã e à tarde. A quadra utilizada é a do Club Tungurahua, a mesma do confronto, que tem início nesta sexta-feira, às 12h (horário de BSB), com dois jogos sequenciais de simples. O sorteio para a ordem das partidas do confronto ocorre amanhã, às 13h (horário de BSB).



 “Um confronto em uma altitude dessas deveria que ter um prazo maior de adaptação, mas como não tivemos a nossa preocupação maior é primeiramente com a alimentação, com a ingestão maior de carboidratos pois quando se está em uma altitude maior há uma diminuição da fome e o carboidrato é a primeira fonte energética que a gente utiliza. Depois com a ingestão de muitos líquidos, em dormir bem e progressivamente em aumentar a intensidade do treinamento nesses seis dias de adaptação”, destacou o preparador físico da equipe, Edu Farias.

PROGRAMAÇÃO

 A ordem do confronto em Copa Davis é sempre dois jogos de simples na sexta-feira, um jogo de duplas no sábado e novamente dois jogos de simples no domingo. O Time Correios Brasil em Ambato é formado pelos tenistas Thomaz Bellucci, Thiago Monteiro, Marcelo Melo e Bruno Soares, além do reserva Gabriel Decamps.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM