Jornal do Commercio
Tênis

Brasil tem rotina modificada para encarar a altitude do Equador na Copa Davis

O Zonal Americano I da competição começa nesta sexta-feira (7) e vai até o domingo (9)

Publicado em 06/04/2017, às 08h00

Bruno Soares é um dos integrantes da equipe brasileira que vai jogar no Equador / AFP
Bruno Soares é um dos integrantes da equipe brasileira que vai jogar no Equador
AFP
Luana Ponsoni

Concentrados desde o último domingo (2), na cidade de Ambato, no Equador, a equipe de tênis do Brasil está cumprindo uma agenda diferenciada de treinos técnicos e físicos na preparação para o Zonal Americano I da Copa Davis. A estratégia montada é justamente para fazer uma adaptação à altitude de 2.500 metros do local do confronto. A competição começa nesta sexta-feira (7) e vai até o domingo (9).

“Estamos nos preparando de uma forma um pouco diferente, jogar tão acima do nível do mar nunca é algo que os jogadores estejam acostumados e exige uma preparação específica para esta condição”, disse João Zwetsch, capitão da equipe brasileira. O pessoal está respondendo muito bem e apesar das dificuldades de se jogar com essa altitude, todos estarão preparados até sexta-feira para o confronto”, completou o capitão.

 Os treinamentos em quadras estão ocorrendo em dois turnos: pela manhã e à tarde. A quadra utilizada é a do Club Tungurahua, a mesma do confronto, que tem início nesta sexta-feira, às 12h (horário de BSB), com dois jogos sequenciais de simples. O sorteio para a ordem das partidas do confronto ocorre amanhã, às 13h (horário de BSB).



 “Um confronto em uma altitude dessas deveria que ter um prazo maior de adaptação, mas como não tivemos a nossa preocupação maior é primeiramente com a alimentação, com a ingestão maior de carboidratos pois quando se está em uma altitude maior há uma diminuição da fome e o carboidrato é a primeira fonte energética que a gente utiliza. Depois com a ingestão de muitos líquidos, em dormir bem e progressivamente em aumentar a intensidade do treinamento nesses seis dias de adaptação”, destacou o preparador físico da equipe, Edu Farias.

PROGRAMAÇÃO

 A ordem do confronto em Copa Davis é sempre dois jogos de simples na sexta-feira, um jogo de duplas no sábado e novamente dois jogos de simples no domingo. O Time Correios Brasil em Ambato é formado pelos tenistas Thomaz Bellucci, Thiago Monteiro, Marcelo Melo e Bruno Soares, além do reserva Gabriel Decamps.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores
#ACulpaNãoÉDelas #ACulpaNãoÉDelas
Histórias de mulheres que passaram anos sendo agredidas por seus parceiros e, com medo, permaneceram em silêncio. Essa série de reportagem discute novos olhares no enfrentamento às agressões contra a mulher, até porque a culpa não é delas

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM