Jornal do Commercio
Decisão

Minas e Rio de Janeiro levam decisão das semifinais da Superliga para quinta partida

Equipe da pernambucana Jaqueline Carvalho foi derrotada na noite da última terça-feira (11) pelo time carioca

Publicado em 12/04/2017, às 08h46

Jaqueline acredita na classificação do Minas à final da Superliga / Instagram/Reprodução
Jaqueline acredita na classificação do Minas à final da Superliga
Instagram/Reprodução
Luana Ponsoni

O Rio de Janeiro se recuperou na melhor de cinco das semifinais da Superliga feminina de vôlei e venceu o Minas, da pernambucana Jaqueline Carvalho, n noite desta terça-feira por 3 sets a 1(25/12, 25/18, 27/29 e 25/23). O resultado levou a decisão para a quinta e última partida entre as duas equipes. Os clubes voltam a se enfrentar nesta sexta-feira (14), na Arena da Tijuca, no Rio de Janeiro, em jogo que definirá o segundo finalista. Quem levar a série irá enfrentar o Osasco, da também pernambucana Dani Lins, na finalíssima, disputada em jogo único no dia 23 de abril.

O time do Rio de Janeiro entrou na partida focado para definir logo o primeiro set e conseguiu fazer isso. Após abrir 13x1, as mandantes até esboçaram uma reação, entretanto o set acabou em 25 a 12 para a equipe de Bernardinho.

O segundo set foi totalmente diferente. Desde o começo, foi equilibrado, contudo o Rio de Janeiro conseguiu abrir certa vantagem fazendo 14x8. Mesmo com o Minas encostando no placar na reta final do set, as visitantes não deixaram a equipe da casa marcar muitos pontos em sequência e ganharam por 25x18, colocando o Minas contra a parede.



O Minas mostrou superação e conseguiu levar o terceiro set por 29x27. Apesar d e a parcial ter sido muito equilibrada, a equipe conseguiu ter a vantagem durante quase todo o tempo e isso fez a diferença na hora de fechar e impedir a derrota.

O último set da partida foi muito semelhante ao terceiro. As duas equipes jogaram um ótimo vôlei e o placar ficou constantemente empatado. Na reta final, o jogo chegou a ficar 24x23 e, mesmo com o Minas jogando bem, o Rio de Janeiro conseguiu fechar o confronto.

CONFIANÇA

“Nem tudo nessa vida é fácil, mas, com certeza, nada é impossível. Ser forte não é ter a força de um leão, mas, sim, a paciência e humildade de um pássaro, que, mesmo na gaiola, não deixa de cantar, nem perde a esperança de voar. Semana importante, Deus no comando, vamos que vamos”, escreveu a pernambucana Jaqueline Carvalho em seu Instagram após a derrota.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores
#ACulpaNãoÉDelas #ACulpaNãoÉDelas
Histórias de mulheres que passaram anos sendo agredidas por seus parceiros e, com medo, permaneceram em silêncio. Essa série de reportagem discute novos olhares no enfrentamento às agressões contra a mulher, até porque a culpa não é delas

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM