Jornal do Commercio
WSL

Caio Ibelli chega à final, mas não desbanca Jordy Smith em Bells Beach

Etapa realizada em Victoria encerrou a "perna" australiana do Mundial de Surfe

Publicado em 19/04/2017, às 07h37

Smith já saiu do mar fazendo o tradicional gesto de que tocaria o sino em Bells Beach / WSL/eprodução
Smith já saiu do mar fazendo o tradicional gesto de que tocaria o sino em Bells Beach
WSL/eprodução
Luana Ponsoni

O paulista Caio Ibelli foi o melhor brasileiro na terceira etapa da Liga Mundial de Surfe (WSL, na sigla em inglês), encerrada na noite da última terça-feira (18), em Victoria, Bells Beach. Nas semifinais, ele derrotou o atual campeão mundial, John John Florence, do Havaí, e chegou à finalíssima. Na decisão, porém, o brasileiro não foi páreo para o sul-africano Jordy Smith, que faturou o evento. Smith fechou a bateria com 18.90, contra 17.46 de Ibelli.

Foto: WSL/Reprodução

Caio Ibelli desbancou o atual campeão John John Florence na semifinal

As duas melhores ondas de Caio Ibelli lhe renderam um 7.83 e um 9.63, enquanto Jordy Smith conseguiu um 9.77 e um 9.13. Com essas notas, o surfista da África do Sul garantiu o direito de badalar o tradicional sino na premiação da etapa. Ele, inclusive, deixou o mar fazendo esse gesto.



 

OCEANIA

A etapa de Bells Beach fechou a “perna” australiana da Liga Mundial de Surfe, que antes passou por Gold Coast e Margaret River. O evento agora vem para a América do Sul, com o Brasil sendo o único país a receber uma etapa. A janela do quarto evento do ano fica aberta, no Rio de Janeiro, a partir do dia 9 de maio e segue até o dia 20.

A praia de Itaúna, em Saquarema, será o palco do Rio Pro, que se transferiu para lá após muitas reclamações dos atletas a respeito da poluição na Barra da Tijuca. A sede anterior recebeu quatro edições seguidas do torneio.

Veja a disputa da final entre Caio Ibelli e Jordy Smith em Bells Beach:


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Recife em Transformação Recife em Transformação
A cidade e o desafio de traçar o seu futuro
Zika em mil dias Zika em mil dias
Já se passaram quase 2 anos e meio desde que o JC anunciou a explosão de casos de recém-nascidos com microcefalia. Muitas dessas crianças já completaram os seus primeiros mil dias de vida. Famílias e especialistas revelam o que aconteceu nesse período
Logística e inovação Logística e inovação
Você sabe o que é logística? Ela parece invisível, mas está presente no nosso dia a dia, encurtando distâncias. Quando compramos uma maçã no supermercado, muitas vezes não nos damos conta do caminho que percorreu até chegar a nossas mãos

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM